17.7 C
Itapema
segunda-feira, agosto 8, 2022
mais
    InícioPolíciaPolícia Civil de SC deflagra operação “Stretch” contra lavagem de dinheiro

    Polícia Civil de SC deflagra operação “Stretch” contra lavagem de dinheiro

    Em:

    Em Destaque

    Caminhões na pista: município pede apoio da PRF

    PORTO BELO — Motoristas que utilizam a Adulce Garcia...

    POLÍCIA FEDERAL APREENDE 47KG DE COCAÍNA NA BR 101

    Itajaí/SC - A Polícia Federal apreendeu na BR 101,...

    Na manhã desta quarta-feira (06), a Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou a operação “Stretch” com a finalidade de coibir o crime de lavagem de dinheiro e de buscar a despatrimonialização de um grupo criminoso que praticou diversos estelionatos e fruade na emissão de duplicatas, causando prejuízo aproximado de 2 milhões de reais.

    A ação foi realizada pela Delegacia de Investigação à Lavagem de Dinheiro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), com o apoio operacional da Delegacia de crimes Fazendários , Delegacia de Combate à Corrupção e da Defraudações, também da DEIC/PCSC, além do apoio das Polícias Civis da Bahia e de São Paulo.

    A investigação identificou que um ex-funcionário de uma empresa de logística, em conluio com um empresário, simulou a venda de insumos, emitindo as respectivas duplicatas, sem a efetiva entrega do produto. Após o pagamento os valores foram pulverizados em contas de interpostas pessoas e de outras pessoas jurídicas, a fim de ocultar e dissimular o proveito do crime, além da aquisição de bens de luxo, veículos importados e pagamento de viagens.

    As medidas visam a apreensão de documentos capazes de revelar as estratagemas de ocultação e dissimulação de bens e valores, apurar a real situação do patrimônio sem lastro, a identificação de outros bens que não haviam sido identificados, possivelmente em nome interpostas pessoas, mas principalmente sufocar financeiramente a atividade criminosa, com a apreensão e a indisponibilidade de ativos que tenham sido adquiridos ou que sejam frutos de valores auferidos com a prática criminosa.

    Ao todo, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em três Estados e 6 municípios, além do sequestro de veículos, imóveis e ativos financeiros.

    As investigações contaram com o suporte técnico do Laboratório de Tecnologia em Lavagem de Capitais e operacional das demais unidades da DEIC/PCSC.

    Cidades