32.1 C
Itapema
sexta-feira, fevereiro 23, 2024
mais
    InícioCidadesItapemaSábado (03/12) tem o 4º Festival de Surf Inclusão em Itapema

    Sábado (03/12) tem o 4º Festival de Surf Inclusão em Itapema

    Em:

    Em Destaque

    surf inclusao1
    Sábado (03/12) tem o 4º Festival de Surf Inclusão em Itapema 2

    Itapema recebe no próximo sábado (03/12) a 4º edição do Festival de Surf Inclusão, na Praia Central, próximo a Rua 163, a partir das 10h. O evento é gratuito e destinado às crianças e adultos com deficiência física e intelectual, como síndrome de Down, autismo, paralisia infantil, entre outras. As inscrições podem ser feitas pelo surfescola@yahoo.com
    O Festival é organizado pelo professor de surf Tulio Ferri, pelo Renato Luis Santos, surfista local (mais conhecido como By Nato) e por mais um grande time de empresas, voluntários e apoio da Prefeitura de Itapema. “A ideia é fazer entender que sempre é possível superar as limitações”, comenta Renato Luiz dos Santos, o Bynato, um dos coordenadores do evento em Itapema. .
    O próprio formato do festival já é uma pura demonstração de amor. Há uma corrente do bem entre patrocinadores e voluntários com a preocupação de fazer com que o portador de deficiência aceite o desafio de surfar a onda e acredite no seu potencial. Para isso, todos os 100 atletas que entram no mar recebem nota dez dos jurados e ganham prêmios.
    “Para quem tem alguma limitação, encarar uma onda pode ser comparado a um amador que aceita escalar um prédio de 50 ou mais andares. Isso, sem cordas. Então, todos merecem nota dez”, explica. E ele sabe bem o que está falando. Pai de Johan, um adolescente de 13 anos que tem Síndrome de Asperger (espectro autista), Bynato precisou entender as dificuldades do filho nas sensações de contato com a areia, o mar e a onda para que Johan pudesse surfar. “Hoje, meu filho surfa com supervisão, mas sozinho”, conta. Entretanto, no festival, os atletas entram no mar com a segurança de que estão acompanhados por seus voluntários, que são surfistas amadores ou profissionais.
    “Há uma sintonia entre os voluntários em entender que “o meu compromisso com a minha natureza é de não ser igual””, comenta Bynato, fazendo uma alusão ao trecho da canção “O Cubo”, de Dazaranha. A letra é uma homenagem aos portadores do espectro autista e é do vocalista Moriel, que faz parte do festival como um grande entusiasta da ideia.
    Nessa corrente do bem, ainda é possível citar o premiado surfista Ícaro Cavalheiro, nascido na Ilha das Cabras, em Balneário Camboriú, detentor de vários títulos nacionais e internacionais de surf e que foi comentarista da World Surf League (WSL), a liga mundial de surf. Ícaro fazia a transmissão ao vivo do festival em seu concorrido canal do YouTube., mas desta vez ficará só na torcida por compromissos pessoais assumidos anteriormente. Desta vez, o festival será transmitido pelo canal Surf Itapema, no YouTube.
    “Temos que agradecer muitas pessoas, empresas, associações e o poder público pela realização do festival. E todas são importantes para que o evento cumpra a sua missão de amor ao próximo. Em nome dos organizadores digo muito, muito obrigado a todos dessa corrente do bem”, reforça. Bynato ainda destaca a importância da parceria e amizade com Túlio Ferri, instrutor de surf e idealizador dos festivais de inclusão em Santa Catarina.

    O início
    Foi Túlio Ferri quem idelizou o primeiro festival voltado a inclusão de portadores de autismo, em Balneário Camboriú. Como Bynato é surfista e pai de um garoto com autismo, acabou estreitando os laços de amizade com Túlio e logo nasceu a ideia de organizar o festival em Itapema, cidade natal de Bynato e onde ele passou boa parte de sua vida surfando. Em Itapema, a receptividade da comunidade foi tão grande que o festival acabou ampliado para abraçar outras deficiências e hoje conta com a participação de atletas com limitações intelectuais e também físicas.
    O festival tem julgamento de juizes profissionais, nota dez e premiação para todos os participantes. A competição em Itapema marca a segunda etapa do 1 º Circuito Santacosta de Inclusão, sendo que a primeira etapa já aconteceu em Balneário Camboriú no dia 5 de novembro. O Circuito Santacosta é dividido nas categorias Síndrome de Down, Autistas e Deficiência Visual e ainda terá etapas em Itajaí e Florianópolis.
    Em Itapema, o 4 º Festival de Surf Inclusão tem a organização da Associação de Surf Amigos de Itapema (ASAI), SurfEscola BC, Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA), Associação Surf Sem Fronteiras (ASSF) e Onda Azul. Apoio da Prefeitura de Itapema, Secretaria Municipal de Esportes, Surf Radical, Última Hora Pub, Sinduscon Costa Esmeralda, CFC Minella, Panificadora Chumbinho, ONG Inclusão ADI, Inpot Fresh Shop, Wood Cutter Brasil, Loja Quatro Ilhas Itapema, SPOT Serviços Gráficos, SICREDI, Triad Construtora, Sea Beach Restaurante, Anasol, Dekinha Baby, 47 Surf Store, Surf Cedo, Surf Itapema, SantaCosta, Saneplan Impermeabilização, Edify Construtora, Back Feldhaus, KRK Empreendimentos, Construtora JA Russi e Bauer Assessoria de Comunicação.

    Cidades