18.3 C
Itapema
quarta-feira, maio 29, 2024
mais
    InícioCidadesItapemaConasa Águas de Itapema lança campanha de conscientização

    Conasa Águas de Itapema lança campanha de conscientização

    Em:

    Em Destaque

    Com o mote “Itapema é a nossa praia”, concessionária destaca cuidados com o meio ambiente

    Com o objetivo de chamar a atenção da população e dos turistas para os cuidados com a proteção ao meio ambiente, a Conasa Águas de Itapema lança para a temporada de verão de 2022/2023, no meio digital, a campanha “Itapema é a nossa praia”. O mote provoca duas interpretações e convida a todos a somarem esforços para garantir a sustentabilidade das praias da cidade, um dos destinos mais procurados no litoral norte de Santa Catarina.

    “Itapema é a nossa praiaporque, enquanto concessionária de serviços públicos de saneamento, cuidamos dela para oferecer o melhor aos moradores e turistas que nos visitam. E nossa também quer dizer de todos nós, um lugar único para viver e para conhecer, com alta visibilidade no país e também no exterior”, afirma Denis Grassi, superintendente da Conasa Águas de Itapema.

    Com cerca de 70 mil habitantes fixos, a cidade chega a receber cerca de 1 milhão de turistas durante o ano todo, com grande concentração nos meses de verão. “A campanha ressalta a importância de não deixar lixo espalhado na faixa de areia, de usar sacolas para separar o lixo orgânico do reciclável e de reduzir a geração de resíduos com as opções de reutilização ou reciclagem”, destaca Grassi.

    Além disso, a iniciativa quer chamar a atenção para a necessidade de conexão dos imóveis à rede coletora de esgoto disponível, para que o efluente gerado possa ser encaminhado para tratamento. “Quando isso não acontece o esgoto é direcionado à rede de drenagem pluvial, se mistura com a água da chuva e desemboca em rios e córregos, invadindo a praia e o mar”, salientou.

    Em locais onde a rede coletora ainda não está disponível, os imóveis precisam instalar fossas sépticas com filtros sumidouro para que o tratamento primário do efluente seja realizado, evitando o descarte incorreto do resíduo. Além dos prejuízos à natureza e à saúde da população, despejar esgoto sem tratamento em rios, córregos, lagos ou mar é proibido por Lei.

    nossa praia casan
    Conasa Águas de Itapema lança campanha de conscientização 2

    Cidades