21.1 C
Itapema
terça-feira, junho 18, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoColuna Pelo Estado 18/04: Inquérito policial de ataque a Blumenau é concluído...

    Coluna Pelo Estado 18/04: Inquérito policial de ataque a Blumenau é concluído e apresentado

    Em:

    Em Destaque

    Inquérito policial de ataque a Blumenau é concluído e apresentado

    Enquanto o governador Jorginho Mello viaja para encontrar o presidente Lula em Brasília para tratar da segurança nas escolas, após 13 dias de uma tragédia que chocou o país inteiro, a creche Cantinho Bom Pastor, em Blumenau, reabriu suas portas para receber seus estudantes e a rede municipal de ensino retomou suas atividades com segurança reforçada.
    Também nesta segunda-feira, 17, as Polícias Civil e Científica detalharam a conclusão da investigação sobre ataque a creche durante uma entrevista coletiva.
    De acordo com a investigação, o assassino era usuário de cocaína e, por isso, passou a ter alucinações. Uma delas culminou com no dia 5 de abril. O agressor afirmou à Polícia Civil que queria mostrar coragem com o ato e ainda disse não estar arrependido. De acordo com laudo médico, ele tem tendências esquizofrênicas, porém, isto não o isentará da punição.

    Também presente na coletiva, o delegado-geral da Polícia Civil catarinense, Ulisses Gabriel, afirmou que a divulgação de notícias falsas sobre supostos novos ataques desde o caso de Blumenau atrapalhou o trabalho das autoridades.

    O assassino irá responder por quatro homicídios consumados e por outros cinco tentados, todos eles quadruplamente qualificados. As qualificadoras dos crimes são motivo torpe, uso de meio cruel, impossibilidade de defesa da vítima e prática contra menores de 14 anos.

    A investigação agora será repassada ao Ministério Público, que poderá dar andamento ao caso ao oferecer denúncia na Justiça.

    Otmar Müller é confirmado pelo Governador Jorginho Mello como novo presidente da SCGás

    Otmar Müller está confirmado como o novo presidente da SC Gás. O nome dele foi confirmado pelo Governador Jorginho Mello ainda na tarde do último domingo, 16, e, de acordo com a jornalista Karina Manarin, Muller estará em Florianópolis ainda esta semana para uma reunião com Jorginho.

    O governador já havia feito o convite no início do ano, durante reunião com empresários na Associação Empresarial de Criciúma, porém, foi preciso aguardar a aprovação pela Celesc, maior acionista, e pelo Conselho da própria SCGás.

    Otmar Muller
    Otmar Muller é o novo presidente da SCGás.

    O, agora, novo presidente, Otmar Josef Müller, atua há mais de 30 anos no setor cerâmico catarinense. É especialista em engenharia de produção pela UFSC e com MBA em Logística Empresarial, há oito anos participa e é o atual presidente da Câmara de Assuntos de Energia da Federação da Indústria de Santa Catarina (FIESC). Foi presidente do Sindicato das Indústrias Cerâmicas de Criciúma e Região por mais de dez anos, cargo ao qual renunciou em 13 de fevereiro, logo após o convite do governador para assumir a SCGás, cumprindo a Lei das Estatais que veda a participação de dirigentes sindicais no comando de empresas estatais e de economia mista.

    Inscrições para Prêmio Fritz Müller seguem abertas

    O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) informa que as inscrições para o 24º Prêmio Fritz Müller seguem abertas até 20 de junho de 2023, e podem ser realizadas no site do IMA.

    A premiação tem o objetivo de reconhecer empresas e organizações que desenvolvem projetos e iniciativas que vão além da legislação ambiental e que resultam em benefícios para o desenvolvimento sustentável. Podem participar empresas públicas e privadas, instituições, órgãos governamentais, cooperativas, ONGs, institutos e organizações que atuam em Santa Catarina, com projetos desenvolvidos no estado.

    A divulgação dos vencedores será feita pelo site do IMA e pela imprensa. O local e a data da solenidade de premiação serão anunciados pelo Instituto do Meio Ambiente em momento oportuno.

    Alesc programa o lançamento de duas novas frentes parlamentares

    Na segunda-feira, 17,foi oficializada a Frente Parlamentar em Defesa das Comunidades Terapêuticas, que tem como proponente o deputado Marcos da Rosa (União) e conta com o apoio dos deputados Napoleão Bernardes (PSD), Maurício Eskudlark (PL), Jair Miotto (União), Sergio Motta (Republicanos) e Lucas Neves (Podemos).

    Já na quarta-feira, dia 19, às 19h, a programação prevê a instalação da Frente Parlamentar das Juventudes. A proposta do colegiado, segundo o seu proponente, o deputado Marquito (Psol), é oportunizar um espaço para que sejam pensados e formulados projetos e ações voltadas à melhoria da qualidade de vida das pessoas 15 a 29 anos, segmento que no estado é estimado em 1,6 milhão de pessoas.

    Cooperativas reúnem 3,9 milhões de catarinenses e faturam R$ 82,8 bi

    Uma força social e econômica que se transformou em uma das locomotivas da economia catarinense, o cooperativismo reúne 3 milhões 909 mil catarinenses e obteve receitas totais, em 2022, da ordem de R$ 82 bilhões e 832 milhões de reais.

    O crescimento foi de 21,7% o que representa mais de sete vezes a expansão do PIB (produto interno bruto) brasileiro no período (2,9%).

    O levantamento é da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC) junto às suas 250 associadas e foi anunciado hoje em Florianópolis pelo presidente Luiz Vicente Suzin e pelo superintendente Neivo Luiz Panho.

    Um dos dados mais relevantes do levantamento é a expansão do número de associados (cooperados) que cresceu 12% no ano passado com o ingresso de mais 422.788 pessoas. No conjunto, as cooperativas reúnem, agora, 3,9 milhões de catarinenses (3.909.226 pessoas), o que representa que mais da metade da população barriga-verde está vinculada ao sistema cooperativista.

    Empresas ligadas à Associações Empresariais ganham linhas de crédito na Caixa

    A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) e a Caixa Econômica Federal (CEF) assinaram um acordo de cooperação para o desenvolvimento de linhas de financiamento para Microempreendedor Individual (MEI), micro e pequenas empresas, com facilidade de acesso e taxas reduzidas.

    De acordo com o presidente da CACB, Alfredo Cotait, a assinatura do termo é um enorme passo em direção à retomada e a garantia do funcionamento do micro e pequeno empreendedorismo no Brasil.

    Produção e edição

    Por  Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC

    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades