21.3 C
Itapema
segunda-feira, abril 22, 2024
mais
    InícioCidadesPorto BeloGoverno de Porto Belo reúne comissão para debater assuntos relacionados à Ponte...

    Governo de Porto Belo reúne comissão para debater assuntos relacionados à Ponte sobre o Rio Perequê

    Em:

    Em Destaque

    Pelo Estado 19/04: Arteris Litoral Sul pode perder a concessão em SC

    O Ministro dos Transportes, Renan Filho, esteve nesta quinta-feira,...

    Pelo Estado 18/04: E a saúde em Santa Catarina, como vai?

    Após um convite dos parlamentares catarinenses, a secretária de...

    Tendo em vista os últimos pronunciamentos por parte do Município de Itapema e o anúncio de que a assinatura da Ordem de Serviço, para início das obras da Ponte sobre o Rio Perequê, acontece nesta quinta-feira (22), o prefeito de Porto Belo Joel Lucinda, ao ser questionado pela população, esteve reunido com a comissão temporária, responsável pelo acompanhamento e fiscalização das ações mitigatórias relacionadas à Ponte, criada através do Decreto 3543/2023. O objetivo foi tirar dúvidas, compartilhar informações e traçar metas relacionadas ao assunto.

    A comissão mostra preocupação em relação aos pronunciamentos, que responsabilizam o Município de Porto Belo pela do início dos trabalhos, considerando ser responsabilidade do Município a retirada das adutoras e da rede elétrica, as quais não foram previstas no projeto apresentado por Itapema.

    Há preocupação também em relação ao cronograma da obra que foi apresentado por Itapema e que tem como a primeira ação para início dos trabalhos a demolição da atual estrutura. O Município de Porto Belo tem trabalhado no projeto para  a retirada das adutoras de água, que abastecem sobretudo o bairro Balneário Perequê e também mantém contato com a Celesc para acompanhar o processo de retirada da rede elétrica que abastece o bairro Meia Praia.

    Tem-se em vista que as ações que foram determinadas ao Município de Porto Belo são extremamente dificultosas e podem, se feitas de forma irresponsável, deixar milhares de moradores, de ambos os Municípios, sem luz ou sem água.  Considerando as dificuldades e especificidade do serviço de retirada das adutoras e considerando que o projeto apresentado por Itapema não prevê este tipo de trabalho e não deixa alternativas para o mesmo, o Município de Porto Belo tem feito estudos para a execução. O processo licitatório para a elaboração dos projetos executivos com determinações para a realocação das adutoras já foi publicado e serão avaliadas as propostas no dia 30 de junho e partir daí, feita a contratação da empresa para o serviço. A situação é tratada como prioritária, considerando que não se pode correr o risco de deixar o bairro Balneário Perequê sem o abastecimento de água.

    O Município de Porto Belo já cientificou a Prefeitura de Itapema no mês de maio, alertando sobre as questões que constam pendentes no projeto e aguarda uma reavaliação do cronograma.

    Cidades