21.6 C
Itapema
segunda-feira, abril 22, 2024
mais
    InícioCidadesItapemaAdolescentes furtam farmácia da Meia Praia e exibem objetos em live na...

    Adolescentes furtam farmácia da Meia Praia e exibem objetos em live na Internet

    Em:

    Em Destaque

    Pelo Estado 19/04: Arteris Litoral Sul pode perder a concessão em SC

    O Ministro dos Transportes, Renan Filho, esteve nesta quinta-feira,...

    Pelo Estado 18/04: E a saúde em Santa Catarina, como vai?

    Após um convite dos parlamentares catarinenses, a secretária de...
    famaciasss
    Adolescentes furtam farmácia da Meia Praia e exibem objetos em live na Internet 2

    O caso foi registrado no final da tarde da última terça-feira, dia 4 de julho, em Itapema. A empresária fez um boletim de ocorrência
    Em vez de estarem na sala de aula, um grupo de meninas, estudantes, algumas delas inclusive da rede privada da cidade de Itapema, foram flagradas pelas câmeras de segurança de uma farmácia na Meia Praia, furtando vários objetos.
    Como forma de se vangloriar do ato, as meninas fizeram uma transmissão ao vivo na Internet, exibindo os objetos roubados da loja.

    ENTRARAM EM GRUPO
    De acordo com a proprietária da farmácia, por volta das 18h, quando a gangue invadiu o estabelecimento. Elas entraram em grupo e começaram a mexer em vários produtos.
    Algumas delas iniciaram uma conversa com a funcionária para distraí-la, enquanto as outras escondiam maquiagens, cremes, chocolates, hidratantes e até preservativos.
    “Minha filha chegou a reconhecer uma delas como aluna da mesma escola particular aqui na cidade. Depois de serem pegas, algumas fugiram e outras duas voltaram para devolver os produtos”, expressa Patrícia Ruon de Souza, proprietária da farmácia

    BOLETIM REGISTRADO
    A empresária, que possui a farmácia há bastante tempo no local, comentou que é mais comum ocorrerem esses furtos no verão, mas é a primeira vez que ocorre com meninas. Ela entrou em contato com a mãe de uma das envolvidas, mas a responsável pareceu não se importar com a situação e afirmou para a farmacêutica que era culpa das más companhias.

    Cidades