24 C
Itapema
quarta-feira, abril 24, 2024
mais
    InícioCidadesPorto BeloPopulação de Porto Belo cresce 72% nos últimos 12 anos

    População de Porto Belo cresce 72% nos últimos 12 anos

    Em:

    Em Destaque

    Segundo o Censo 2022, divulgado na última semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Porto Belo está entre os 10 municípios catarinenses que apresentaram maior crescimento populacional desde 2010. A cidade se destaca ainda a nível nacional. Entre os mais de 5,5 mil municípios brasileiros, Porto Belo é o 30º que mais cresce no país.
    Porto Belo registra um total de 27.688 habitantes, o que representa um aumento de 72,16% em comparação ao último Censo, realizado em 2010. O levantamento também aponta que o município tem uma densidade demográfica de 295,58 habitantes por km² e uma média de 2,79 moradores por residência.
    Os fatores que colaboraram para o crescimento da população de Porto Belo são muitos como a beleza natural da região, proximidade com as cidades de Balneário Camboriú e Itapema, facilidade de acesso à capital catarinense e aos dois aeroportos, de Florianópolis e Navegantes, além dos novos investimentos públicos e privados e da constante valorização do mercado imobiliário.
    Nos últimos anos, Porto Belo atraiu centenas de investidores, principalmente neste segmento. Atualmente, são cerca de 200 construtoras e incorporadoras atuando na cidade, o que reflete diretamente na geração de emprego e renda, e no incremento da economia de Porto Belo. A maior demanda por mão de obra atrai novos moradores para a cidade e a melhoria da infraestrutura, incluindo os serviços e espaços públicos, também resulta em aumento populacional.
    Além disso, as empresas do setor se uniram em uma ação inédita no país e formaram a Associação das Construtoras e Incorporadoras de Porto Belo (ACIP) que, em parceria com a Prefeitura, promovem estudos e projetos para aprimorar e ampliar a infraestrutura, promover mais desenvolvimento e tornar ainda mais atrativo o município.
    Entre os projetos, em fase de construção, está o molhe do Rio Perequê que, além de melhorar a turbidez da água, reduzir a influência de maré do Rio Perequê e aumentar a vazão das águas que escoam no leito do rio, deve se tornar uma nova atração turística de Balneário Perequê, a praia mais visitada de Porto Belo.
    O projeto do molhe e o licenciamento ambiental foram pagos pela ACIP e o investimento previsto para execução da obra, no valor de R$ 13 milhões, será custeado pelos associados da ACIP, por meio de substituição de outorga onerosa paga ao município. Além do molhe, estão na fase de estudos e projetos a revitalização da orla, o alargamento da faixa de areia de Balneário Perequê e a pavimentação das principais ruas da cidade.
    De acordo com a ACIP, as obras de relevância a nível estrutural da cidade que proporcionam mais qualidade de vida e bem-estar, os novos investimentos e empreendimentos, além das belezas naturais e atrativos que já fazem Porto Belo ter projeção nacional resultaram neste aumento expressivo de novos moradores e devem atrair ainda mais habitantes pelos próximos anos.
    “O Censo 2022 registrou o que presenciamos no dia a dia, o crescimento da cidade em todos os segmentos. Os dados do IBGE são importantes para seguirmos com o objetivo de construir uma cidade ordenada, visando sempre a qualidade de vida, a segurança, o conforto e o bem-estar dos moradores atuais e já pensando nos que ainda irão escolher Porto Belo para viver”, ressalta Maycol Marini, presidente da ACIP.

    O Censo 2022
    Realizado a cada 10 anos pelo IBGE, o Censo Demográfico coleta e reúne informações atualizadas e precisas sobre a população brasileira, traçando um perfil socioeconômico do país. Esses dados são fundamentais para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas e para a realização de investimentos, tanto do governo quanto da iniciativa privada.
    Na última semana, o IBGE divulgou os primeiros resultados de População e Domicílios do Censo 2022, apresentando um conjunto de informações básicas sobre os totais populacionais e de domicílios no país em diferentes níveis geográficos e recortes, além de diversos indicadores derivados como a média de moradores por domicílio, a densidade demográfica e a taxa de crescimento anual da população e dos domicílios.
    Diferente de outras edições, a mais recente divulgação do Censo acontece dois anos após o previsto. Em 2020, o levantamento precisou ser adiado devido à pandemia de Coronavírus e em 2021 não ocorreu por falta de recursos do governo.

    A ACIP
    A Associação de Construtoras e Incorporadoras de Porto Belo (ACIP), entidade privada sem fins lucrativos, foi fundada em 2019 com o objetivo de, mais do que representar as empresas do setor, contribuir com o poder público para a construção de uma cidade planejada, ordenada e melhor para todos, sempre objetivando o bem-estar e a qualidade de vida de moradores e turistas.
    Para isso, desde a criação atua com a elaboração de estudos e iniciativas que visam a melhoria da infraestrutura e o desenvolvimento da cidade. Do projeto à execução, as obras propostas são custeadas pelos associados, com recursos oriundos de outorgas pagas ao município.
    Podem se associar à ACIP pessoas jurídicas que atuam economicamente no setor da construção civil e da incorporação imobiliária na área territorial de Porto Belo. Atualmente, 44 empresas fazem parte da associação que já trouxe projetos e resultados significativos para fazer com que Porto Belo tenha ainda mais motivos para encantar o Brasil e o mundo.

    Fotos: Prefeitura de Porto Belo.

    Cidades