14.8 C
Itapema
quarta-feira, maio 29, 2024
mais
    InícioCidadesPorto BeloNovo fenômeno do mercado imobiliário, Porto Belo atrai construtoras do Brasil

    Novo fenômeno do mercado imobiliário, Porto Belo atrai construtoras do Brasil

    Em:

    Em Destaque

    Nos últimos anos, o município de Porto Belo, na Costa Esmeralda, tornou-se um fenômeno do mercado imobiliário brasileiro, atraindo investimentos e investidores de Santa Catarina e de todo o país. Um dos resultados deste protagonismo é a chegada de novas empresas, especialmente, relacionadas à construção civil. Atualmente, a cidade de 27.688 habitantes, segundo o Censo 2022, tem cerca de 200 construtoras e muitas delas vindas de outros municípios catarinenses e até de outros estados.

     

    Como é o caso da Conrado Empreendimentos. Natural de Guarapuava, no Paraná, com 27 anos de história, a construtora já entregou mais de 2.350 unidades, com atuação consolidada, principalmente, no estado vizinho. Desde 2019 chegou também em Santa Catarina, mais especificamente em Porto Belo e Itapema.

     

    A construtora conta atualmente com quatro empreendimentos nas cidades, sendo três em Porto Belo, no bairro Balneário Perequê, o mais valorizado do município, e um em Itapema, no bairro Morretes, também um dos mais procurados da região. Um dos projetos, o Montblanc, está em construção, com previsão de entrega em dezembro de 2026.

     

    Nesta terça-feira, 03 de outubro, a Conrado lança outro empreendimento, o Pallazo Reale, em Balneário Perequê, em Porto Belo, a 120 metros do mar, que terá 22 andares e 45 unidades. A empresa tem ainda outros dois projetos na região. O San German, que ficará na avenida Dorvalino Voltolini, uma das principais vias de Balneário Perequê, e o Villa Esmeralda, em Itapema, o primeiro empreendimento da construtora na cidade.

     

    De acordo com o Diretor Executivo SC da Conrado Empreendimentos, Peryclis Conrado, Porto Belo foi escolhida por vários fatores como as belezas naturais, a proximidade dos grandes centros, a alteração, em 2020, do Plano Diretor que trouxe mais segurança, melhorando o potencial construtivo do município e o aprimoramento da infraestrutura da cidade por meio de parceria público-privada inédita.

     

    “Além de todas as características naturais e geográficas, a expectativa de crescimento é grande devido também à parceria público-privada, liderada pela ACIP, da qual faço parte. Este modelo de gestão vem resultando em melhorias na cidade como a construção do molhe do Rio Perequê e a viabilização do alfandegamento para a chegada de cruzeiros internacionais. Isso tudo faz com que seja mais seguro investir na região e no município”, ressalta Peryclis Conrado.

     

    A ACIP, Associação de Construtoras e Incorporadoras de Porto Belo, entidade privada sem fins lucrativos, foi fundada em 2019 com o objetivo de, mais do que representar as empresas do setor, contribuir com o poder público para a construção de uma cidade planejada, ordenada e melhor para todos, sempre objetivando o bem-estar e a qualidade de vida de moradores e turistas.

     

    Para isso, desde a criação atua com a elaboração de estudos e iniciativas que visam a melhoria da infraestrutura e o desenvolvimento da cidade. Do projeto à execução, as obras propostas são custeadas pelos associados, com recursos oriundos de outorgas pagas ao município.

     

    Podem se associar à ACIP pessoas jurídicas que atuam economicamente no setor da construção civil e da incorporação imobiliária na área territorial de Porto Belo. Atualmente, 45 empresas fazem parte da associação. Destas, a maioria foi fundada em Santa Catarina, mas há construtoras que foram criadas no Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília, e outras que os sócios são naturais de outros estados como de Minas Gerais.

     

    Novas construtoras

    A valorização do mercado imobiliário da cidade impulsiona também o surgimento de novas construtoras. É o caso da EJM Empreendimentos. Apesar de ter sido fundada em Porto Belo, a história da empresa começou bem longe de Santa Catarina. Os sócios-proprietários, Jonathan Santos e Michelle Lemos, têm longa atuação no mercado imobiliário de Porto Alegre, São Paulo e Minas Gerais.

     

    Agora, atraído pela pujança do setor no litoral catarinense, o casal escolheu Porto Belo para abrir a própria construtora. Com projeto já em andamento, o Aquarella, primeiro empreendimento da empresa, deve ser lançado dentro de 12 meses.

     

    “Porto Belo se destaca por projetos mais novos, arquitetura mais moderna, Plano Diretor que tem cuidado para que a cidade tenha uma evolução imobiliária saudável. Então, acredito que ao longo dos próximos anos, a cidade vai se tornar uma referência tão grande quanto Itapema e Balneário Camboriú”, enfatiza Jonathan Santos.

     

     

    Consultoria para construtoras

    A chegada de novas construtoras na cidade é tão grande que a imobiliária Arkidá Gestão de Investimento oferece consultoria especializada para inserção de incorporadoras no mercado de Porto Belo e Itapema – denominada de Viabilizze.

     

    O foco da consultoria Viabilizze é facilitar a entrada de incorporadoras no novo mercado. Entre as etapas que compõem a consultoria estão o desenvolvimento do conceito de cada empreendimento a ser lançado, com base no público-alvo, demandas do mercado, características do terreno para figurar e marcar a presença da incorporadora na nova cidade.

     

    “A missão da consultoria é contribuir com a chegada destas novas empresas que geram renda, emprego, movimentam a economia e elevam o nível dos projetos, valorizando ainda mais o mercado imobiliário de toda a região”, enfatiza Patrícia Nunes, corretora de imóveis da Arkidá Gestão de Investimentos e idealizadora da Viabilizze Consultoria Especializada.

     

    Uma das empresas que contou com auxílio da Arkidá para ingressar na região da Costa Esmeralda é a Lumma Construtora. Com 16 anos de história, tem clientes hoje em 15 estados brasileiros e em 18 países, e é uma das construtoras mais renomadas de Santa Catarina, com atuação destacada na Grande Florianópolis.

     

    Em constante expansão, a Lumma Construtora, por meio da consultoria Viabilizze, realizou a permuta de novas áreas e projetou o primeiro empreendimento em Itapema, o Vitta Towers. O trabalho durante 12 meses resultou na seleção, permuta de terrenos e na elaboração do novo projeto de forma diferenciada. Outro empreendimento, em Porto Belo, deve ser lançado ainda este ano.

     

    “Ingressar em uma nova cidade traz alguns desafios e para superá-los foi essencial trabalhar com um time de pessoas capacitadas que entendam que é necessário unir dois universos distintos rumo a um novo caminho juntos”, destaca o engenheiro civil Leonardo Mendes, diretor de operações e novos negócios da Lumma Construtora.

    Foto: Arkidá Gestão de Investimento.

    Cidades