20.5 C
Itapema
terça-feira, junho 18, 2024
mais
    InícioCidadesBalneário CamboriúNova orla de Balneário Camboriú terá investimento de R$ 500 milhões em...

    Nova orla de Balneário Camboriú terá investimento de R$ 500 milhões em projeto

    Em:

    Em Destaque

    Orla da avenida Atlântica passará pela maior obra de renovação urbana do país, que trará impacto direto na valorização dos imóveis da cidadeBalneário Camboriú-SC , 09/11/2023 09h53 | Atualizada em 09/11/2023 09h57 | Por: RedaçãoFoto: PMBC/SCTodoDia Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo
    A cidade de Balneário Camboriú, se renova a cada dia. A próxima grande obra que promete transformar a “cara” da cidade é a da nova orla da Praia Central, no que será maior obra de renovação urbana do país.
    Com investimento superior a R$ 500 milhões, o parque linear na orla terá mais de 600 mil m², e deve impactar em cerca de 20% na valorização de imóveis logo após o início das obras.
    A urbanização será feita em uma área com 250 mil m², já sendo considerada a maior renovação urbanística do país, e somada aos 350 m² de faixa de área alargada será criado um grande parque linear com 600 mil m² – o “Parque da Orla”.
    Além disso, está prevista para a Avenida Atlântica uma macrodrenagem com custo superior a R$ 75 milhões. Outro investimento importante será a rede subterrânea de energia, proporcionando maior segurança e valorizando ainda mais a paisagem de Balneário Camboriú.
    Assim como ocorreu com o alargamento da faixa de areia, esse novo investimento milionário deve impactar na valorização dos imóveis da cidade, que já tem o metro quadrado mais caro do país.
    Segundo o especialista em mercado imobiliário, Bruno Cassola, a nova onda de valorização deve representar cerca de 20% de incremento no valor dos apartamentos.
    “Com a obra de renovação urbana da orla, a cidade vai alcançar um outro patamar, o que reflete em melhor qualidade de vida, bem-estar e segurança, que são fatores relevantes para turistas e investidores. Quem busca investir em imóveis, esse é o momento ideal, porque com a experiência que tenho, posso afirmar que uma nova onda de valorização já deve ocorrer nos meses seguintes ao início da obra”, afirma Cassola.
    O modelo inédito do projeto, assinado pelo arquiteto Índio da Costa, conta com parceria da iniciativa privada, onde construtoras da cidade serão as responsáveis pela execução de trechos.
    Como contrapartida, essas empresas receberão o valor investido em títulos de Outorga Onerosa do Direito de Construir, que é um adicional que a empresa paga para utilizar o espaço aéreo da cidade ao executar prédios maiores que os previstos no plano diretor. No total, serão 18 trechos, cada um com um custo médio de R$ 15 milhões.

    Obras da nova orla começam em breve
    O trecho 17, entre as ruas 4400 e 4750, deve ser o primeiro a iniciar as obras, já nos próximos meses. Já houve negociação com uma construtora e agora se aguarda a homologação da justiça.
    A oferta dos trechos 15, 16 e 18 para outras construtoras da cidade está em análise na Câmara de Vereadores e deve ser enviada em breve para a sanção do prefeito. Já a parte que compreende o início da obra até o trecho 14 será feita após a macrodrenagem.
    O parque linear da Avenida Atlântica terá jardim, passeio, pista de corrida, além de 12 playgrounds, quatro academias, dez canchas de bochas, entre outras opções de lazer e comodidades. Destaque fica ainda para a segurança, com 240 câmeras de monitoramento de alta resolução.

    Foto: Secom BC/SCTodoDia

    Cidades