32.1 C
Itapema
sexta-feira, fevereiro 23, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 04/01: Os novos secretários de Jorginho Mello

    Pelo Estado 04/01: Os novos secretários de Jorginho Mello

    Em:

    Em Destaque

    Não se fala em outra coisa no meio político que não seja nos novos nomes anunciados por Jorginho Mello para o seu secretariado. Aliás, o anúncio não é nenhuma novidade, mas a confirmação de alguns é prova de que o governador já deu início aos trabalhos para a campanha eleitoral deste ano, já que muitos deles deixam o cargo para concorrer à prefeitura de algum município do Estado.

    Ao todo, serão nove substituições em secretarias e órgãos. Entre as pastas estão Comunicação, Administração, Proteção e Defesa Civil, Segurança  Pública, Casa Civil, CIASC, SCPAR, CBMSC e IPREV.

    A mudança mais polêmica foi a do atual deputado Estêner Soratto por Filipe Mello, para comandar a Casa Civil. É que apesar de ser capacitado para o cargo (até por já ter experiência em gestões anteriores), o fato dele ser filho de Jorginho poderá (certamente será) usado por seus adversários para atingir o governador. Não importa o quanto ele já tenha provado sua competência.

    Além de Filipe Mello, os novos secretários de estado de Santa Catarina serão:

    Secretaria de Estado da Comunicação – João Paulo Gomes Vieira

    Secretaria de Estado da Administração – Vânio Boing

    Secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil – Coronel BM Fabiano de Souza

    Secretaria de Estado da Segurança  Pública – Deputado Sargento Lima

    Secretaria de Estado da Casa Civil – Filipe Mello

    CIASC – Centro de Informática e Inovação de Santa Catarina – Moisés Diersmann

    SCPAR – SC Parcerias S/A – Renato Dias Marques de Lacerda

    CBMSC – Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina- Coronel BM Fabiano Bastos das Neves

    IPREV – Instituto de Previdência de Santa Catarina – Mauro Luiz de Oliveira

    A posse será feita em gabinete na sexta-feira, 5.
    Um adendo: já se sabe também que até que as “janelas” se fechem, o troca-troca ainda não acabou.

    Escolas Cívico-Militares

    WhatsApp Image 2024 01 03 at 15.02.20
    Foto: Reprodução /redes sociais

    Nesta terça-feira, 2, por meio das redes sociais, o governador Jorginho Mello (PL) confirmou a manutenção e ampliação do modelo de escolas cívico-militares em Santa Catarina. O decreto já havia sido assinado no último mês, porém, agora, ao lado do secretário e secretária adjunta de Educação, Aristides Cimadon e Patricia Luders, ele reforçou o decreto, instituindo o Programa Estadual das Escolas Cívico-Militares, que visa manter as nove escolas estaduais já existentes neste modelo e expandir para outras unidades escolares.

    Na prática, o Governo do Estado vai bancar o modelo criado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), e que foi extinto pelo atual presidente Lula (PT), em 10 cidades do estado e pretende criar mais uma em Herval d’Oeste, na região de origem de Jorginho. Esta unidade atende cerca de 480 alunos, desde o 6º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio.

    Atualmente, as escolas cívico-militares de Santa Catarina acomodam mais de 5 mil alunos em municípios como Florianópolis, Lages, Tubarão, Criciúma, Palhoça, Biguaçu, Blumenau, São Miguel do Oeste e Chapecó.

    Investimento BRDE

    Por meio das leis de incentivo fiscal, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) contribuiu para dar continuidade aos trabalhos de projetos sociais. Em 2023, o banco fez um aporte de R$ 5,9 milhões, para apoiar cerca de 150 projetos nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, e Paraná, que beneficiarão públicos de todas as idades com ações de assistência social, educação, cultura, esporte e saúde.

    Em Santa Catarina, foram ao todo 43 projetos aprovados com um montante de R$ 1,98 milhão.

    Nos últimos cinco anos, o montante aplicado pelo BRDE na região Sul já ultrapassa a marca de R$ 22,8 milhões.

    Do total de 150 projetos apoiados em 2023, 64 são da área de Cultura/Audiovisual; 26 de Fundos da Criança e do Adolescente; 31 são propostas para o Esporte; 17 de Fundos do Idoso; 12 de PRONON e PRONAS, ligados aos atendimentos em oncologia e pessoa com deficiência, respectivamente.

    Assistência Social

    A Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS), por meio da Coordenadoria Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, divulgou o calendário para atendimento dos municípios sobre o novo edital do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) que vai destinar R$ 10 milhões para cidades de Santa Catarina.  Entre os dias 15 e 18 de janeiro, técnicos e gestores poderão tirar dúvidas sobre documentação, execução, entre outras. Para ter acesso ao atendimento individual os municípios precisam fazer o agendamento de 4 a 17 de janeiro pelo WhatsApp (48) 98851-5778. O horário é das 8h às 17h.

    Medidores inteligentes

    Começou esta semana o processo de instalação de medidores inteligentes de energia para clientes de Florianópolis. No primeiro dia de operação, a Celesc substituiu 100 equipamentos antigos pelos novos. O projeto prevê que todas as unidades consumidoras da Capital terão medidores inteligentes instalados ao longo dos próximos três anos. Os equipamentos oferecem informação em tempo real e de forma remota sobre o fornecimento de energia e maior agilidade no religamento da luz. A troca serão feita por técnicos da Celesc de forma espontânea, sem a necessidade de solicitação por parte dos clientes e sem custos extras. Ao todo, o investimento com substituições será de R$ 116 milhões.

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_04.01.2024

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades