14.8 C
Itapema
quarta-feira, maio 29, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado Entrevista: Engenheiro Kita Xavier, Presidente do Crea-SC

    Pelo Estado Entrevista: Engenheiro Kita Xavier, Presidente do Crea-SC

    Em:

    Em Destaque

    “Manter a excelência dos serviços aos profissionais, empresas e sociedade é nosso desafio constante”

    Engenheiro Kita Xavier, Presidente do Crea-SC

    Graduado em Engenharia Civil com especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, Kita Xavier, presidente do Crea SC, é reconhecido pela sua dedicação à valorização e ao desenvolvimento da engenharia, agronomia e geociências em Santa Catarina e por seu investimento em inovação dentro do Conselho. A Pelo Estado conversou com ele sobre a importância deste trabalho para o desenvolvimento de Santa Catarina, dos seus desafios para esta gestão e sobre a qualificação dos serviços para valorização dos profissionais que estão no mercado. Confira:

    Pelo Estado – O senhor presidiu o Crea-SC de 2012 a 2014, 2015 a 2017, retornou ao cargo em 2021 e foi reeleito em 2023. Como avalia essa trajetória à frente do Conselho?

    Kita Xavier – Ao longo dos mandatos anteriores, testemunhamos a evolução da engenharia, da agronomia e da geociência em nosso estado. E, consequentemente, a evolução do nosso Conselho Profissional. Contribuímos para projetos inovadores, promovemos a educação continuada e fortalecemos os laços entre os profissionais da área. Assumir a presidência do Crea-SC é, ao mesmo tempo, uma honra e um desafio. Honra porque se trata do mais alto cargo no Estado que um engenheiro pode almejar. E desafio porque o papel do Crea transcende os limites da entidade e assume, como compromisso moral, a defesa dos profissionais do setor tecnológico e da sociedade catarinense.

    Pelo Estado – Em números, qual o tamanho do Crea-SC hoje e qual foi o crescimento desde a sua primeira gestão?

    KX – O Crea-SC é um dos maiores conselhos profissionais do estado. Atualmente são 76.680 profissionais cadastrados e 20.692 empresas registradas. Tendo como principal atividade a fiscalização, a orientação e o aprimoramento do exercício profissional para coibir a atuação de leigos e garantir a segurança dos catarinenses, um dos números que mais nos orgulha é o aumento de postos de trabalhos para nossos profissionais. Trabalhamos para que em todos os lugares, onde houver uma atividade que exija conhecimento e responsabilidade técnica, haja o serviço de um profissional do Crea. Neste sentido, somente em 2023, foram 54.764 relatórios de fiscalização, sendo 36.089 regularizações realizadas, gerando novos contratos de trabalho aos profissionais. Esse resultado é reflexo do conceito que adotei logo na minha primeira gestão, não é nosso objetivo a multa, o foco é a orientação e a reafirmação da autoridade técnica garantindo a segurança e a qualidade de vida da sociedade.

    Pelo Estado – Sua gestão 2021/2023 teve foco na inovação. Continua com esta proposta?

    KX – Desde o início, tenho mantido a visão clara de que a inovação é a chave para avançarmos. Orgulha ver hoje o CREA-SC com 100% dos seus processos de forma digital, resultado do trabalho de uma equipe que de forma incansável busca encontrar soluções criativas para levar facilidade aos nossos profissionais, empresas e sociedade de forma geral. Hoje, o Programa de Inovação reúne diversas ações com intuito de fomentar a cultura da inovação envolvendo todo o ecossistema do Conselho incluindo os colaboradores, profissionais, empresas, estudantes, entidades de classe, universidades e sociedade. E estamos realizando grandes investimentos para seguir entregando valor aos profissionais. Ampliar a rede de coworking gratuito, novas parcerias com empresas de softwares de engenharia e gestão, política de patrocínio para eventos e projetos de cunho técnico-científico e novos cursos na Unicrea – Universidade Corporativa do Conselho – são algumas das ações que já estamos fazendo e vamos seguir realizando.

    Pelo Estado – Como o senhor avalia a participação do Crea-SC no desenvolvimento do Estado?

    KX – O Crea-SC trabalha na valorização dos profissionais da engenharia, da agronomia e das geociências e são eles os responsáveis por construir lares e estradas, levar energia para a população, produzir alimentos e ferramentas que facilitam a vida no dia a dia. Em tudo que fazemos tem a engenharia envolvida. De forma prática, também realizamos outras ações, como o apoio técnico à Defesa Civil e Corpo de Bombeiros para atendimento às emergências no estado. Nosso comitê de crise, criado em outubro de 2023, é uma das formas de contribuirmos com nossa missão de garantir segurança e qualidade de vida à sociedade oferecendo suporte com objetivo de prevenir e minimizar as consequências dos desastres naturais junto à população, reforçando a importância da responsabilidade técnica dos profissionais.

    Pelo Estado – Como o Crea vem atuando para a valorização de seus profissionais?

    KX – Quando o Crea-SC, no desempenho de sua missão de fiscalizar e garantir a segurança da população, orienta para que serviços de engenharia, agronomia e geociência sejam realizados por profissionais com autoridade técnica, ele está contribuindo para a valorização profissional. Para, além disso, estamos investindo no aperfeiçoamento técnico, garantindo que nossos profissionais estejam capacitados para atender as necessidades e avanços tecnológicos exigidos pelo mercado. Em 2024, iremos patrocinar mais de 200 eventos de cunho técnico-científico, com investimento total de R$ 4 milhões. A nossa universidade corporativa está hoje com mais de 180 cursos gratuitos, 100% online e disponíveis para que o profissional possa agregar o conhecimento ao seu currículo. Ampliamos o acesso gratuito às Normas da ABNT em tempo integral e totalmente atualizadas. Disponibilizamos dez coworkings no estado, visando estimular a inovação e o empreendedorismo e outros seis espaços estão em fase de implantação. Estamos aprimorando o portal de oportunidades, relacionando a oferta de vagas do mercado diretamente com os profissionais que possuem formação e acervo técnico nas respectivas áreas. São diversas ações que entregam valor aos nossos profissionais e consequentemente à sociedade.

    Pelo Estado – Quais os próximos desafios do Conselho para 2024/2025?

    KX – Manter a excelência dos serviços aos profissionais, empresas e sociedade é nosso desafio constante. Somos referência nacional, em 2023, mais uma vez o Crea-SC foi avaliado como o melhor índice de eficiência no Sistema Confea/Crea e Mútua. Este reconhecimento é fruto do comprometimento incansável dos colaboradores e dos profissionais catarinenses com o desenvolvimento sustentável e inovação. E é nesse caminho que vamos seguir trilhando.

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_entrevista_13-05-2023

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades