Cidades decretam luto oficial pela morte de médico com décadas de serviços prestados

661
Compartilhar

 

Em mais de quatro décadas de medicina, doutor Gelson trabalhou por 31 anos em São João Batista

São João Batista  decretou luto oficial pelo falecimento do médico obstetra Gelson Gonçalves Cândido, ocorrido na manhã desta terça-feira, 27 de julho. A nota foi divulgada através dos canais oficiais da prefeitura, que lamentou a perda do profissional.

De acordo com a publicação,  doutor Gelson era servidor efetivo municipal desde 1990. Durante os 31 anos, atuou no Hospital Monsenhor José Locks e na Unidade Básica de Saúde do Centro, a principal do município. A nota ainda presta solidariedade aos “familiares, colegas, amigos e pacientes enlutados pela irreparável perda”.

Nova Trento, cidade onde residia e também faleceu, foi mais uma a lamentar a morte.  Em uma nota de pesar, a prefeitura lamenta o ocorrido  e relata que o médico era um “exemplo de ser humano, familiar e profissional conhecido em toda a região”.

Gelson Gonçalves Cândido estava internado há cerca de 15 dias,  após testar positivo para o coronavírus. Desde então, chegou a ter uma melhora no quadro de saúde, mas voltou a ser entubado. Ele deixa cinco filhos e a esposa.

Com informações Vipsocial