Apae de Itapema realiza eleição para nova diretoria

447
Compartilhar

Amigos dos Excepcionais


O pleito ocorre nesta sexta-feira, dia 29, a partir das 19h. Duas chapas estão na disputa. Nova gestão comandará a entidade de 2020 até 2022.

Cleyton Amaral

Nesta sexta-feira (29), a partir das 19h, tem eleição para presidência da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município. Duas chapas disputam o voto de pais e sócios-contribuintes. A votação será na sede da entidade, na Escola Especial Razão de Viver, na Rua 458, Jardim Praiamar, em Itapema. O mandato é de três anos.

Fundada em 1997, a Apae atende cerca de cem alunos das mais diversas faixas etárias. A estrutura, incluindo a contratação de profissionais, é mantida com repasse de verbas de convênio municipal e estadual. Uma das prioridades da atual direção é a busca de recursos para construção de uma quadra coberta.

Um dos desafios da próxima diretoria é realizar a construção de uma quadra de esportes coberta, para que os alunos possam realizar atividades fora da sala de aula.

Chapas

A chapa 1 “Evolução com amor mais que especial”, aposta na reeleição da atual presidente da Apae, Maria Madalena Alamino Mendes Xavier, ao lado do vice-presidente Aldo Leite. Com o lema “Renovação e Comprometimento”, a chapa 2 tem à frente da presidência o candidato Luiz Wunsch e Celso Roberto Bertolli, como vice-presidente.

O que a entidade faz? (box)

Saúde – Acompanhamento a pessoa com deficiência, em todo o seu ciclo de vida, nas mais diversas especialidades, desde a prevenção a reabilitação, com atenção especializada.

Educação – Apoio intensivo e atendimento educacional especializado ao estudante com deficiência intelectual e múltipla incluído na escola comum nas séries iniciais de ensino fundamental.

Assistência social – Alianças estratégicas com vários setores e segmentos sociais para a melhoria da qualidade de vida e inclusão da pessoa com deficiência.

Proteção – Defesa e garantia de direitos de pessoas com deficiência nas mais diferentes instâncias, visando suas necessidades de desenvolvimento, saúde e bem-estar, e combatendo a violência e a exploração.

Capacitação – Habilitações profissionais em variados ofícios, voltadas às aptidões dos aprendizes a fim de desenvolver suas atividades sociais.

Autogestão – Desenvolvimento da autogestão, autodefensoria e convivência em família da pessoa com deficiência intelectual.

*com informações Apae Brasil – Federação Nacional das Apaes.