Associação de Senhoras de Rotarianos de Itapema celebrará data com jantar especial

265
Compartilhar

#Dia da Mulher

Em sua décima edição, e com a temática espanhola, evento ocorrerá no restaurante Alberto’s, na Meia Praia, no próximo dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher.

Cleyton Amaral

O Dia da Mulher é a celebração das conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo dos anos, sendo adotado pela Organização das Nações Unidas e, consequentemente, por diversos países. Aqui na cidade, a data é lembrada pela Associação de Senhoras de Rotarianos de Itapema, Casa da Amizade, que organiza anualmente um jantar temático destino às mulheres da nossa região.

Este ano o evento chega a sua décima edição e contará com um jantar especial com comida, bebidas e danças típicas da Espanha, além de desfile de moda da loja Closet Fashion, brindes também serão sorteados para as convidadas e no final, haverá um show especial dedicado a elas, com um grupo de performances.

Caráter beneficente

Como todo o ano, o jantar além de celebrar a data especial, tem um caráter social. Toda a verba arrecadada com o jantar será destinada à manutenção do Banco de Cadeiras de Rodas do Rotary Club de Itapema. Segundo a presidente da Casa da Amizade, Claudeti Rossi, o evento é destinado às mulheres de toda a nossa região. “Será um momento de celebração entre as mulheres, de companheirismo e união entre nós”, relata.

O evento acontece no próximo dia 08 de março, a partir das 20h, no restaurante Alberto’s da Meia Praia, em Itapema. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos com as integrantes da Casa da Amizade pelos telefones (47) 3268-2961 e 9-9644-5877.

História e Origem do Dia Internacional da Mulher

A luta das mulheres por melhores condições de vida e trabalho começou a partir do final do século 19, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. As jornadas de trabalho de 15 horas diárias e a discriminação de gênero eram alguns dos pontos que eram debatidos pelas manifestantes da época.

De acordo com registros históricos, o primeiro Dia da Mulher foi celebrado nos Estados Unidos em maio de 1908 (Dia Nacional da Mulher), onde mais de 1.500 mulheres se uniram em prol da igualdade política e econômica no país.

No entanto, o 8 de março teve origem com as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho, durante a Primeira Guerra Mundial (1917). A manifestação que contou com mais de 90 mil russas ficou conhecida como “Pão e Paz”, sendo este o marco oficial para a escolha do Dia Internacional da Mulher no 8 de março, porém somente em 1921 que esta data foi oficializada.

Após a Guerra e a Segunda Revolução Industrial, as indústrias incorporaram as mulheres para mão-de-obra, e devido às condições insalubres de trabalho, os protestos eram frequentes.

Por muito tempo, a data foi esquecida e acabou sendo recuperada somente com o movimento feminista nos anos 60. A Organização das Nações Unidas, por exemplo, somente reconheceu o Dia Internacional da Mulher em 1977. Atualmente, além do caráter festivo e comemorativo, o Dia Internacional da Mulher ainda continua servindo como conscientização para evitar as desigualdades de gênero em todas as sociedades.