Balneário Camboriú terá primeiro Ecoponto de resíduos recicláveis e reutilizáveis

135
Compartilhar

Balneário Camboriú deverá ter seu primeiro Ecoponto de resíduos recicláveis e reutilizáveis, seguindo a Política Nacional de Resíduos Sólidos, estabelecida pela Lei Federal 12.305/10, e as Leis Federais n° 11.445/07 e 9.795/99, que são as Leis Federais do Saneamento Básico e da Educação Ambiental, respectivamente. O Ecoponto ficará na Praça Higino Pio e terá sua gestão realizada pela empresa Ambiental Saneamento em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM).

O espaço foi escolhido após várias análises e discussões. “Entendeu-se, com base no conceito multifacetário de meio ambiente – que une meio ambiente natural ao meio ambiente cultural, que o local escolhido vem ao encontro deste conceito e, assim, proporcionará um espaço para o cidadão, adequadamente, dispor os seus resíduos recicláveis e reutilizáveis, garantindo que eles tenham, posteriormente, a destinação ambientalmente correta como preconiza a legislação. Além disso, o cidadão poderá desfrutar de um espaço aconchegante especialmente formulado para o despertar do consciente ecológico e socioambiental”, explicou a diretora da Secretaria do Meio Ambiente, Nayara Miotto Hirsch.

O Ecoponto contará em horário comercial com um funcionário da Ambiental capacitado para informar, dar orientações e dicas de como separar os resíduos e acondicioná-los adequadamente. Ao depositar os resíduos no local, o cidadão garante que eles tenham, posteriormente, a destinação ambientalmente correta para cooperativas de catadores, como preconiza a legislação.

As cidades que possuem as melhores avaliações dentro do Índice de Sustentabilidade na Limpeza Urbana (ISLU), possuem espaços como este: ecopontos, estações sustentáveis, postos de entrega voluntária e demais locais especialmente criados para o fim de auxiliar os consumidores na separação e segregação de resíduos.

“Separar o lixo é dever e responsabilidade de todos. Criar políticas públicas para o fomento da indústria da reciclagem e para a implementação do princípio da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto é dever do Município. E é isso que o Município vem realizando na execução da gestão integrada de resíduos”, completou Nayara. O Ecoponto está em fase de conclusão e deverá ser inaugurado nos próximos dias.