Cachorrinha é resgatada após passar cinco dias enterrada sem água e comida

231
Compartilhar

Imagem da cachorrinha enterrada chocou moradores de toda região

Uma imagem de uma cachorrinha que ficou parcialmente enterrada em Bombinhas chocou moradores de toda região nesta terça-feira (13). O resgate do animal foi feito na sexta-feira (9), por voluntários da Ong Protetores de Bombinhas, no Centro do município. O presidente do grupo, Wilson Roberto Zambardino, explica que moradores escutaram os latidos e desespero da cachorrinha em meio ao matagal.

Como a área é de difícil acesso, a equipe da Ong entrou no matagal para tentar encontrar a cachorrinha. Munidos de um facão, eles passaram cerca de três horas no local, tentando localizar onde estava o animal. “Ela ficou chorando por mais de 4 horas, pelo relato foi um acidente. O terreno é cheio de erosão, deve ter escorregado em algum buraco. Estava bem fraquinha, magra. De tanto se bater ela se enterrava mais. Aí eles ouviam ela uivar e não conseguiam achar onde ela estava”, conta.

Os voluntários ainda relataram que quando se aproximavam, a cachorrinha parava de gritar, por medo, ao perceber a presença deles. Depois de procurarem pelo terreno, com ajuda de um funcionário do condomínio, eles conseguiram ouvir ela novamente e acharam a cachorrinha.

Bastante desidratada, com bicheira, pulgas, carrapatos e muito fraquinha, o animal foi levado com urgência para a Clínica Pet Farma, em Zimbros, onde está aos cuidados da veterinária Janaína. A ONG estima que ela tenha permanecido no terreno por uns cinco dias sem água e comida. “Foi feito hemograma e o teste dele deu Erlichose positivo, ela está sendo tratada ficou no soro e está bem melhor da doença do carrapato”, comenta. A ONG Protetores de Bombinhas realiza um trabalho voluntário na cidade. Doações podem ser feitas através de Pix: PIX 26.733.461/0001-67

Com informações Visor Notícias