Coluna Dr. Sullivan George Savaris

89
Compartilhar


POLIDACTILIA

A polidactilia é uma deformidade que acontece quando nasce um ou mais
dedos extras na mão ou no pé e pode ser causada por modificações genéticas
hereditárias. Esta alteração pode ser classificada, como a polidactilia sindrômica
que acontece em pessoas com determinadas síndromes genéticas, e a polidactilia
isolada que é quando ocorre alteração genética relacionada apenas ao surgimento
de dedos extras.
A polidactilia isolada é classificada em três tipos:
● Pré-axial: acontece quando nasce um ou mais dedos do lado do polegar
do pé ou da mão;
● Central: consiste no crescimento de dedos extras no meio da mão ou do
pé, porém é um tipo muito raro;
● Pós-axial: é o tipo mais comum, ocorre quando o dedo a mais nasce ao
lado do dedo mindinho, da mão ou do pé.
O diagnóstico de polidactilia pode ser realizado durante a gravidez através do
ultrassom no primeiro trimestre da gestação, por isso é importante manter
acompanhamento com médico obstetra e fazer o pré-natal. Após o bebê nascer,
geralmente, não são necessários exames para diagnosticar a polidactilia, pois é
uma alteração visível, no entanto, o pediatra ou ortopedista poderá solicitar um raio
X e ressonância magnética para verificar se os dedos extras estão ligados aos
outros dedos normais pelos ossos ou nervos.
O tratamento é realizado de acordo com a gravidade apresentada de cada
caso, alguns são optados por tratamento conservador e outros são realizados o
tratamento cirúrgico para retirada do dedo extra.