Coluna Otávio Clos 18/03/2019

584
Compartilhar

Durante a caminhada

Seja grato. Como é gratificante termos as companhias dos afetos que nos agregam a existência. Rara oportunidade que devemos valorizar. Nas células de família ou núcleos de convivência exemplificamos com as companhias como aprendizes ou colaboradores de evolução. Tão importante como oxigênio é o “circulo de amizade” e companhias que amealhamos durante nossa existência, tantos com multidão a seu lado e tão solitários, outros em grupo seleto resplandecendo agradecimento e trabalho a gerar progresso e fraternidade. A vida nos apresenta companheiros que nos surpreendem pela generosidade e outros que servem de instrumento a testar humildade, resignação e perdão. Enquanto alguns se prendem em mentais que desagreguem a praticarem egoísmo e desilusão a comprometerem suas existências existem aqueles bem intencionados, os “samaritanos” que os tentem salvar.

Recompense.

Somos felizes, deveríamos, por todos que estejam ou estiveram em algum momento presentes em nossas vidas. Amigos e amores são prêmios que recebemos a cada dia para valorizar. O ato de doar-se sem remuneração ou segunda intenção talvez seja raro em atualidade, mas, deve ser altamente valorizado. Saber com quem e como contar nos deixa mais seguros, confiantes e realizados. Os mais intelectualizados, quando espraiam seus acúmulos a repercutir e formatar outras vidas em sentido de dignidade e esclarecer de mentes cumprem um papel fundamental em cada sociedade. Certamente que, infelizmente, ainda vivemos em tempos trevosos de egoísmos e guerras, decepcionante esta parte de humanidade que teima em não aprender com suas fabricadas mazelas e tragédias, individualismo que mata. Com quem te acompanhas em encaminhada? Dizem, melhor só do que mal acompanhado. Em realidade somos afins que se atraem. Pena que muitos se traem e traem. Agradeça a valorizar os companheiros que a vida te oferta. Doe-se desinteressadamente a construir relacionamentos sadios que possam agregar e melhorar-te.

Interesse.

Se interesse em pesquisar os melhores métodos para capacitar-se a servir, quando te ofertas sem remuneração o universo sábio e perfeito te remunera em diversas formas, creia. Tenho acompanhado diversos voluntários que se entregam desinteressadamente das rubricas que poderiam captar, entregam-se com o mais profundo sentimento de afeto na certeza de que plantam e recebem o bem. Lindo trabalho de redenção, exemplos a serem seguidos e multiplicados. Nossa sociedade está adoentada em parcela expressiva que se alimente somente de bens materiais, exclusividade e extremo apego geram seres adoentados, desequilibrados, egoístas e doentes em algum momento de suas existências. Avalie ha que ponto te alimenta de sentimentos e convívios, para bem ou mal, serão teus apoios ou descontroles, saúde ou doença. Os relacionamentos fúteis nada agregarão em tua realidade! Interesse-se pelas boas sintonias e convívios sem esquecer-se de auxiliar aos que necessitam e querem.

Reciprocidade.

Dar e receber, semear e colher, lei justa e perfeita. Ha quem tens colocados tuas experiências, dividido e multiplicado aprendizado, isto realça sabedoria em entrega e doação desinteressada, somente os que amam entendem a verdadeira tarefa de ajudar e ajudar-se. Cada um colhe o que semeia, dizem-nos durante a vida, nem todos acreditam a exercitar. A passividade de alguns seres em um mental de abstinência em acreditar que a vida nos recruta a semear é fato que choca e mereça estudar. Muitos passam pela vida somente deixando que ela passe por eles, os desafortunados não entendem que viver precisa de equilíbrio, se suicidam a trabalhar e ganhar dinheiro sem escrúpulos a derrotarem seus irmãos como fossem ferozes inimigos, infelizes, são ou serão em algum momento. Por que e a quem choras em solidão se nada ou quase nada semeou durante caminhada? Entenda que viver é dar e receber em diversas formas.