Coluna Paulo Nascimento 14/03/2019

271
Compartilhar

Conheça a História das Geleias e
Compotas “Pão com Schmia”, vem!

A conservação dos alimentos sempre foi uma preocupação da humanidade. Nos meses de frio e muita neve não existe frutas. Assim as Geleias e compotas foram criadas para preservar diferentes tipos delas nos meses de extremo frio. Na Alemanha era e é, feita com a casca da fruta, pedaços dela, polpa amassada e passada por uma peneira, para ficar mais fina (não leva nenhum produto industrial, conservantes, químicos ou muito açúcar e se coloca pedaços da fruta nos potes.)
Na Floresta negra encontramos as famosas Tortas de cerejas, maças, morangos e de queijo com rum e uvas passas, recheadas de geleias divinais como a Rote Grütze, compota de frutas vermelhas, ou a autêntica Rotweingelee de vinho tinto. (Em Blumenau você consegue.) São as melhores do mundo e sendo sempre, acompanhadas de outro símbolo alemão, o pão escuro, o “dampfnuleln”, os pães com especiarias, à base de castanhas, nozes, linguiças batata. Na França o que sabemos de sua história é que em 1790, no Sul, algumas mulheres que estavam cozinhando maçã, precisaram parar o que estavam fazendo para se proteger de uma tempestade.
Quando retornaram ao trabalho, no dia seguinte, notaram que o concentrado de maçã e mel que haviam feito, estava como gel em suas panelas no fogo. Em Portugal é feita com as cascas e caroços do marmelo, e depois usam a polpa para fazer a marmelada. (Ou jellies). No século 17, no reinado de Carlos II, na Inglaterra, sua esposa, a rainha portuguesa Catarina Henriqueta de Bragança, por sentir-se solitária, costumava convidar as amigas para tomar chá à tarde, hábito que teria originado o famoso chá das cinco.
Nessas ocasiões, ela servia um tipo de geleia de marmelo. Hoje, as marmeladas inglesas são feitas de frutas cítricas com a casca e existe a maravilhosa inglesa. ( gelée de pétalas de rosas), Reis e rainhas serviam em porcelanas brancas, pequenas e finas a seus convidados, pois eram caras (ficar o gostinho do queria mais …) e para finalizar as frutas cristalizadas são creditadas aos árabes mesopotâmicos, que a utilizavam, sobretudo, para fins medicinais. Em Santa Catarina temos a deliciosa geleia de ovo e açúcar, zucker ei, meu avo fazia. Saudade das compotas de goiaba, mamão verdes em doces, aboboras com coco e até de cenouras em caldas.

Huummmmmmmmmmm! Faziam potes e potes, ficavam nas parti leiras de tão lindos e quem visitava ganhava um.