Coluna Stálin Passos 07/03/2019

566
Compartilhar

Como pegar o próximo bonde?

Brás Cubas, personagem machadiano da obra Dom Casmurro, já dizia: “Antes cair das nuvens que de um terceiro andar…”. Muitos de nós por medo, covardia, temor, desconhecimento e tantas outras circunstâncias ficamos parados no tempo e no espaço e deixamos de pegar o cavalo que passa encilhado ao nosso lado ou o ônibus da história!
Como já escrevi, deixamos de ousar e viver o Agora, concentrando-se no viver do Ontem (=PASSAD0), perdendo o Amanhã (=FUTURO).
Isso também acontece com as empresas e a Microsoft é o exemplo mais marcante, já que ficou presa no Windows e passou a ser “vaca leiteira”, perdendo o bonde da Internet e da Mobilidade, perdendo espaço no fechado clube digital. Sob a gestão de um hindu profissional, em poucos anos (2014/8), triplicou o seu valor, passando de 290 a 850 bilhões de dólares e se tornou a empresa mais valiosa do Mundo! Hoje, se considerarmos a História, como um trem, ela vai na poltrona e de primeira classe. A Microsoft mostrou que o investimento no talento e na capacidade humana sempre tem chance de se recuperar e pegar o próximo bonde! Apostando na “computação na nuvem e inteligência artificial” [Computação em nuvem é a possibilidade de acessar arquivos e executar diferentes tarefas pela internet, sem a necessidade de instalar aplicativos no computador. O armazenamento de dados é feito em serviços on-line, em uma rede e A inteligência artificial é um ramo de pesquisa da ciência da computação que busca, através de símbolos computacionais, construir mecanismos e/ou dispositivos que simulem a capacidade do ser humano de pensar, resolver problemas, ou seja, de ser inteligente.
O estudo e desenvolvimento desse ramo de pesquisa tiveram início na Segunda Guerra Mundial. Os principais idealizadores foram os seguintes cientistas: Hebert Simon, Allen Newell, Jonh McCarthy e vários outros, que com objetivos em comum tinham a intenção de criar um “ser” que simulasse a vida do ser humano.], a empresa voltou a ser líder em inovação, o preço da ação triplicou e ela é novamente a empresa mais valiosa do mundo, ultrapassando o valor da Apple e abrindo espaço para o seu futuro, ao lado das concorrentes Facebook, Amazon e outras que deverão surgir em alguma garagem, como foi o caso dela mesma…”
Caros amigos e leitores, para pegarmos o Próximo Bonde, no caso de perdermos o anterior, temos que ousar e inovar, como o fazem as pessoas de sucesso e as empresas que sobrevivem no competitivo mercado digital, que a todo momento, vai tornando obsoleto o que até a pouco e então era o melhor!
Na verdade, sem o estudo profundo e a seleção de bons talentos, estamos condenados a viver na periferia do que acontece: como cidadãos, viveremos da classe média inferior para baixo e como empresas, meras fornecedoras e clientes das grandes e como País ou Nação, condenado ao andar de carona a reboque do Trem da História! Itapema, 04 de Março de 2019 – empresa voltou a ser líder em inovação, o preço da ação triplicou e ela é novamente a empresa mais valiosa do mundo, ultrapassando o valor da Apple e abrindo espaço para o seu futuro, ao lado das concorrentes Facebook, Amazon e outras que deverão surgir em alguma garagem, como foi o caso dela mesma…”.