Coluna Willian Aimar 20/05/2019

225
Compartilhar

O que existe por trás do sonho
de abrir um restaurante

Conheço várias pessoas que tinham e que têm um sonho de abrir um restaurante. Trabalho com pessoas que realizaram este sonho de se tornar um empreendedor na gastronomia, construíram um formato único, superando inúmeras adversidades para atender um mercado cheio de desafio e mesmo sendo um segmento extremamente difícil de empreender, por algum motivo decidiram iniciar no ramo alimentício.
Essas pessoas geralmente têm uma ligação muito forte com o alimento, uma relação que vêm de suas famílias, de sua infância, particularidades encontradas em seus corações que faz com que tenham o desejo de empreender na gastronomia.
Comecei a trabalhar aos quinze anos em um restaurante na fronteira com Uruguai em minha cidade natal, Santana do Livramento no Restaurante e Churrascaria Coisa Nossa. Minha mãe era cozinheira no turno da noite e eu iniciei limpando as mesas do restaurante. Até hoje tenho uma amizade com os proprietários, dois sócios ( Celso e Laudionor ) que um dia se juntaram com o sonho de abrir um restaurante; desta data já se passaram mais de vinte anos de muito trabalho, foi preciso se atualizar constantemente, cuidar da qualidade e do atendimento, criando formas inovadoras para manter sua clientela e seu restaurante saudável.
Um dos sócios tinha a ajuda de sua esposa no restaurante e seus filhos, três meninos na época, hoje já adultos, também participavam em alguns momentos do dia a dia do restaurante, isso lhes proporcionou uma visão inicial do que era a gestão dentro da alimentação, percebiam o quanto seus pais se empenhavam e batalhavam para ter sucesso em seu restaurante. Anos depois dois dos três filhos se juntaram e também decidiram empreender no mesmo setor, abrindo restaurante Texacus, também na cidade de Santana do Livramento.
Esse novo estabelecimento foi formatado com outra identidade para não concorrer diretamente com o restaurante de seus pais, que ajudaram os filhos para que esse novo projeto se concretizasse, mantendo na família o desejo de seguir empreendendo na gastronomia.
Usei este exemplo para citar a conexão que existe em um típico cenário comum de jovens empreendedores seguindo os passos de sua família.
Não é comum alguém de um setor totalmente diferente ou que nunca vivenciou o dia a dia de um restaurante ou estabelecimento parecido pensar em empreender nesse ramo.
Quando alguém inicia um projeto na alimentação é muito mais que abrir um restaurante é uma verdadeira família que irá se construir naquele sonho individual. A necessidade de mão de obra e formar uma equipe, que geralmente mesmo que em um restaurante de pequeno porte, irá iniciar com no mínimo seis pessoas e indiretamente esse desejo de empreender irá alcançar as famílias de cada pessoa, gerando um condição financeira para mais de quinze pessoas.
Mesmo com todas as dificuldades de iniciar um negócio neste setor com altíssimos índices de falência das empresas que não conseguem passar do primeiro ano, há uma chama que motiva o empreendedor e ele precisa estar sempre atento aos detalhes que irão construir o sucesso do seu negócio, necessita cada vez mais se preparar, treinar a sua equipe para entregar não um produto mais um valor maior dentro do seu negócio.
A percepção que cada cliente tem ao entrar em um estabelecimento é o conjunto de detalhes que irão compor, desde uma simples lanchonete a um restaurante com valores agregados, mesmo que o empreender tenha inúmeras ideias pensadas para conduzir seu negócio e captar clientes, é somente uma ideia que poderá ou não dar certo no objetivo de gerar faturamento para casa.
Cada dono de restaurante sendo ele alguém que cresceu vendo os pais em um restaurante, ou que tenha encontrado a primeira oportunidade de trabalho e adquirido certa experiência; e nesse caminho também sonhou em abrir o seu próprio negócio. Todos devem estar muito atento ao nicho que vão empreender. Existem inúmeras possibilidades dentro da alimentação, mas cada uma com particularidades específicas, há a necessidade de desenvolver habilidades para gerenciar o seu negócio com sabedoria, claro que algumas são comuns em todos os segmentos, conhecer as regras básicas da gestão é de extrema importância para quem sonha em empreender.
Cada vez mais são divulgados cursos, workshops, palestras, cursos técnicos, superiores e outros que trazem uma bagagem de qualidade para se qualificar ou se atualizar, gerando assim uma maior possibilidade de ter sucesso em seu estabelecimento.
Sou Chef Willian Aimar uma apaixonado por servir e encantar pessoas!