Criança de Itapema é acometida por DOENÇA RARA que atinge uma em um milhão

954
Compartilhar

Síndrome de Fires

Depois de peregrinar por vários hospitais, a família de Lucas Mateus, de cinco anos, descobriu que ele sofre de uma doença raríssima, com apenas 70 registros no mundo todo. O menino segue internado em Florianópolis, e quando tiver alta, familiares precisarão de ajuda, confira na reportagem.

Cleyton Amaral

Tudo começou com o que parecia ser uma simples febre. Depois de dois dias, a mãe Luciana Pereira Silveira levou o pequeno Lucas Mateus, de apenas cinco anos, para o hospital Santo Antônio, em Itapema, pois o garoto começará a convulsionar. Do Santo Antônio, o garoto foi encaminhado para o hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú. Do Ruth Cardoso, o itapemense foi levado já entubado na UTI neonatal para o hospital de infantil, Pequeno Anjo, em Itajaí. Lá, ainda com muitas convulsões, os médicos começaram a tratar a criança como meningite viral durante 45 dias. Entretanto, a saga da família do pequeno Lucas Mateus para o fechamento de um diagnóstico ainda não estava no fim.

De Itajaí ele foi encaminhado para o Hospital Infantil Joanna de Gusmão, em Florianópolis. Foram mais de 65 dias na unidade de terapia intensiva (UTI). Atualmente o itapemense segue internado na capital, mas agora no quarto e continua convulsionando bastante. Os médicos, enfim, chegaram em um diagnóstico: síndrome de Fires. Uma doença rara que atinge uma criança em um milhão e que conta com apenas 70 registros no mundo inteiro.

Família de fé

Em entrevista à reportagem, a mãe do pequeno relatou que o cenário não é otimista, porém, a família tem muita fé e crê que o Lucas Mateus irá sair dessa. “O médico falou que dificilmente ele voltará a andar e que ele deverá ficar na cama. Ele tem alguns movimentos aleatórios, continua convulsionando bastante, mas para Deus nada é impossível, acredito que ele vai ficar bem”, conta a mãe com tom de esperança.

Luciana Pereira Silveira é casada com Lucas Santos Prestes. O casal vive na rua 902C, número 1042, no bairro Alto São Bento, em Itapema. Pedro Lucas é o terceiro e mais novo filho do casal. De acordo com a mãe, depois de uma futura alta do hospital, eles irão precisa de ajuda.

Como ajudar

A mãe Luciana conta que já conseguiu aparelhos de oxigênio que o menino irá precisar, porém eles pedem ajuda para conseguir uma cama ou berço hospitalar e uma TV para pôr no quarto de Lucas para ele possa se entreter e também para estimulá-lo. Quem puder ajudar a família pode ir pessoalmente no endereço ou entrar em contato com a mãe no telefone (47) 9 9720-9438.