Diretora Executiva do A Hora encontra presidente da Câmara de Itapema

116

#Visita

Berenice Bordim, diretora do veículo, visitou na tarde de ontem, quarta-feira (21), o presidente da Câmara de Itapema, Xavier Legarrea. Na pauta da conversa, as perspectivas do

Legislativo para o ano de 2018. Com espírito aventureiro, acostumado a fazer trilha em cima de uma motocicleta, há quase 40 anos, Xavier concedeu uma entrevista exclusiva ao nosso veículo.

O ano legislativo começou recentemente e já promete ser um dos mais quentes, haja vista que, no fim dele, haverá eleições para compor a nova mesa diretora da Casa Povo. E nos bastidores, a movimentação já está em curso. O atual presidente, Xavier Legarrea, está à frente do Legislativo há quatros anos, e não poderá concorrer de acordo com o regimento interno da Câmara.

Eleição para presidente

Na última sessão deste ano, se tudo ocorrer conforme cronograma, haverá eleição e um novo nome será conhecido como presidente do Legislativo itapemense. Qualquer um dos 12 parlamentares restantes poderá concorrer ao cargo. Xavier informou à reportagem que desde o ano passado acabou aquela “velha mania” entre os vereadores de trocar de chapa às pressas, em cima da eleição. Uma vez uma chapa protocolada, não poderá ser alterada com risco de o vereador ficar com o voto nulo. A eleição para presidente e demais ocupações acontece a cada dois anos e somente os parlamentares que votam. Daí a importância de se manter uma boa articulação política. “Espero que o próximo presidente faça uma gestão pautada na ética, na seriedade e na responsabilidade”, enfatiza Xavier.

Projetos

No bate-papo, Xavier também comentou sobre alguns dos projetos da Casa, entre eles, a Câmara Cultural, que proporciona aos artistas locais e de fora, a possibilidade de expor seus trabalhos. “É muito interessante ter este espaço para se falar e se debater a cultura, seja ela aplicada nas artes plásticas, fotografia e outros meios. Desde que foi criada, a Câmara Cultural nunca ficou sem exposição e isso acrescenta em muito nosso trabalho”, sentencia.

Outro projeto abordado foi o fim do transporte por tração animal em Itapema, a central de denúncias e também a proibição do loteamento da orla da praia com as tendas, além da caixa de sugestões, onde a população pode, por meio de uma urna, depositar queixas, reclamações e sugestões aos vereadores.

Outorga

Por fim, o presidente da Câmara explanou sobre um dos projetos que passou pela casa recentemente e que gerou bastante polêmica que foi a outorga onerosa. Nas palavras de Xavier, a outorga vem para contribuir com o desenvolvimento da cidade, mas especificamente na esfera da infraestrutura pública, já que tudo o que for arrecadado futuramente deverá ser revertido em melhorias na cidade.