Era para ser uma confraternização,

283

MAS VIROU UMA BAITA CONFUSÃO


A briga teve início entre torcedores de times rivais e continuou depois que a PM precisou intervir para controlar a situação no campeonato municipal de areia de Itapema. Resultado: prisões, torcedores e policiais lesionados e o campeonato suspenso, lastimável!

 

Cleyton Amaral

Domingo, dia 10 de março. Em Itapema, muitos turistas ainda circulavam. A arena montada pela prefeitura da cidade para fomentar o esporte em nossa orla acabou se tornando um verdadeiro “ringue de luta”. Muitas famílias tiraram o domingo para levar às crianças para prestigiar o futebol de areia, mas, infelizmente, os “adultos” desta vez acabaram, literalmente, com a brincadeira.

No momento as equipes Juventude e Tabuleiro haviam terminado o jogo em 3×3 e iniciava as cobranças de pênaltis. Mesmo com muita disputa em quadra, dentro da arena o jogo ocorreu com tranquilidade e sem qualquer penalidade, as torcidas que estavam próximas a arena iniciaram uma confusão que foi dispersada com uma ação da Polícia Militar que culminou em prisões de alguns torcedores. Sendo assim, por orientação do comando da Polícia Militar em Itapema a organização do Campeonato Municipal de Futebol de Areia 2019 decidiu pela suspensão temporária da competição.

De acordo com a PM, os agentes tentaram intervir para evitar mais transtornos, mas foram agredidos por dezenas de torcedores. Os suspeitos teriam jogado garrafas de vidro e atirado foguetes em direção aos policiais. Três viaturas ficaram danificadas na confusão. Os policiais tiveram que usar uso progressivo da força e spray de pimenta com os torcedores. A PM efetuou disparos de calibre 12, com munição não letal e granadas de efeito moral. Cinco pessoas entraram em luta corporal contra os policiais. Eles teriam usado um guarda-sol e garrafas para agredir os agentes.

De acordo com o comandante da Polícia Militar de Itapema, capitão Geraldo Rodrigues Alves Junior, três viaturas ficaram danificadas e cinco policiais foram feridos. A PM determinou a suspensão do campeonato de futebol de areia de Itapema.

 

Nota da prefeitura

“A Prefeitura de Itapema, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Desenvolvimento Econômico, esclarece sobre os fatos ocorridos durante os jogos da semifinal do Campeonato Municipal de Futebol de Areia 2019 no último domingo (10/03).

No momento as equipes Juventude e Tabuleiro haviam terminado o jogo em 3×3 e iniciava as cobranças de pênaltis. Mesmo com muita disputa em quadra, dentro da arena o jogo ocorreu com tranquilidade e sem qualquer penalidade, as torcidas que estavam próximas a arena iniciaram uma confusão que foi dispersada com uma ação da Polícia Militar que culminou em prisões de alguns torcedores.

Sendo assim, por orientação do comando da Polícia Militar em Itapema a organização do Campeonato Municipal de Futebol de Areia 2019 decidiu pela suspensão temporária da competição”.

Segundo a PM, foi necessário o uso de espargidor de pimenta, disparos de calibre 12 com munição não letal e granadas de efeito moral. As quatro pessoas detidas entraram luta corporal com os policiais. Os presos responderão por lesão corporal, dano ao patrimônio, desacato e resistência.

 

Nota da PM

Com relação a confusão no campeonato de futebol de areia em Itapema, a Polícia Militar esclarece que o efetivo estava realizando policiamento preventivo no campeonato quando torcedores iniciaram discussão por conta do jogo. Os policiais interviram para evitar maiores transtornos, porém dezenas de torcedores, entre eles n. J. S. J.; a. A. C.; l. C.; l. F. C.;  p. C. Investiram contra as guarnições pm’s,   arremessando diversas garrafas de vidros, soltando foguetes em direção aos policiais e danificando as viaturas, sendo que três viaturas foram danificadas. Foi necessário o uso progressivo da força para dispersar os agentes, tendo de ser utilizado espargidor de pimenta, diversos disparos de calibre 12 com munição não letal e granadas de efeito moral. Os autores acima nominados entraram em luta corporal com os policiais militares, utilizando até mesmo um guarda sol e garrafas de vidros para agredir os policiais, 5 pm’ s restaram lesionados. Destacando que as pessoas envolvidas na briga são todas do bairro tabuleiro das oliveiras, torcida que no ano anterior criou confusão no campeonato. Os presos responderão por lesão corporal, dano ao patrimônio público, desacato e resistência. Por conta desse episódio o comando local determinou a suspensão do campeonato.

Capitão rodrigues comandante da PM de Itapema