Escolinha de Surfe do Projeto Oficinas ganhou novos materiais e roupas

387
Compartilhar

 

Mesmo com o tempo chuvoso, os alunos da escolinha de surfe do Projeto Oficinas caíram na água. Eles estavam ansiosos para usar os novos materiais entregues nesta terça-feira (21). Pranchas de long board, bodyboard, roupas de neopreme, camisetas de lycra manga longa e curta, parafinas e leashes. Um investimento de mais R$ 52 mil.

“A escolinha de surfe é um diferencial da nossa cidade e a estamos renovando com a entrega de novas roupas de borracha, novas pranchas, novos equipamentos para reestruturar a oficina de surfe e contribuir com o crescimento dessas crianças, que através do esporte e de outras oficinas que o Município oferece melhoram seu desempenho e aprendizado”, disse o prefeito, Fabrício Oliveira.

De acordo com os professores da escolinha, os materiais chegaram em boa hora. “Nós estávamos precisando desse material, há vários anos não tínhamos material de qualidade como esse. As aulas continuarão e agora as crianças ficarão mais confortáveis, não sentirão tanto frio na água, e terão o material adequado para elas iniciarem a prática”, falou um dos professores Valdecir Guth. Cerca de 130 alunos participam da escolinha de surfe do Projeto Oficinas. “Além de aprender a surfar as crianças aprendem a conhecer o mar, a observar o funcionamento de correntes, e a respeitar o meio ambiente. O surfe é uma ferramenta importante de educação e transformação”, completou o outro professor Marcelo Soldatelli. A escolinha também conta com a professora Simoni Yoshida.

“Tudo isso é muito legal, quando tinha onda forte era difícil surfar com os outros leashes e roupas, agora vai ser bem melhor”, contou um dos alunos Lorenzo Koff. “Um excelente investimento para a nossa gurizada não passar dificuldade aí na água. Isso motiva eles a praticarem o esporte, que é importante para a educação, para a sociabilidade. Projeto Oficinas é fora de série!”, disse o pai de Lorenzo, Renan Koff.

Importantes investimentos estão sendo feitos no Centro Educacional de Atendimento no Contraturno – Projeto Oficinas. Pela primeira vez, o projeto tem uma sede exclusiva, localizada na Rua Canelinha. A inauguração ocorreu em julho e o novo espaço tem cerca de 800 m² de área útil e capacidade para até 1400 atendimentos ao dia. O Projeto Oficinas será reconhecido mundialmente pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como uma das escolas parceiras e associadas da organização. Além disso, a Secretaria de Educação renovou o material esportivo de todos os Centros de Educação Municipal e os brinquedos didáticos dos Núcleos de Educação Infantil. “É com muita satisfação que estamos fazendo essas melhorias, porque acreditamos na educação e no potencial das nossas crianças e jovens”, finalizou a secretária de Educação, Rosangela Borba.