Gasolina e diesel já estão mais caros

98
Compartilhar

Pouco mais de duas semanas após aumentar em mais de 7% o preço da gasolina nas refinarias, a Petrobras anunciou mais um reajustou o valor desde ontem (26). A gasolina vai ser repassada às distribuidoras custando R$ 3,19 o litro. Isso equivale a mais um aumento de 7% sobre os atuais R$ 2,98 nas refinarias.

O diesel vai ser reajustado em R$ 0,28 no preço do litro, o equivalente a mais de 9%. Assim, vai custar, a partir desta terça, R$ 3,34 nas refinarias.

Segundo a nota da Petrobras, os reajustes seguem o compromisso de praticar preços competitivos, em equilíbrio com o mercado. Além disso, a estatal destaca a importância dos reajustes “para garantir que o mercado siga sendo suprido”, “sem riscos de desabastecimento”.

A política de preços da Petrobras segue os valores praticados pelo mercado internacional e, sobre isso, a empresa destaca que isso é importante porque vivencia um momento atípico de “alta demanda”, para o próximo mês de novembro.
Os preços citados, com o valor de venda às distribuidoras, equivalem a apenas uma parte dos preços nas bombas dos postos. Ainda serão somados os valores de distribuição e revenda, impostos federais e impostos estaduais.

No último domingo, o Presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer que um novo reajuste nos preços dos combustíveis estava previsto, mas afirmou que não vai interferir na política de preços da Petrobras. De acordo com o presidente, os reajustes seguem preço do barril de petróleo no exterior e o valor do dólar, aqui no Brasil.