Investigação que começou em Itapema, Polícia Civil apreende 25 quilos de pedras preciosas

625
Compartilhar

Quebrou a banca..

As Polícias Civis de Itapema, através do Setor de Investigações Criminais, com apoio do Setor de Investigações da Delegacia de Balneário Camboriú, apreenderam aproximadamente 25 quilos de pedras preciosas, 01 pistola Glock calibre .380 com 14 munições, drogas, documentos e uma caneta especial que apaga qualquer escrita.

 

A investigação iniciou em Itapema para apurar extorsão mediante ameaças ocorridas nesta cidade. De acordo com o inquérito, G.D.F, de 29 anos, que é lutador de jiujitsu, juntamente com um terceiro, realizou uma cobrança, onde utilizou a arma apreendida para coagir a vítima a realizar o pagamento.

Com o mandado de busca expedido, os policiais se deslocaram à casa de G.D.F. na última quinta-feira e apreenderam com 25 quilos de pedras preciosas, entre esmeraldas e topázio imperial sem procedência, além de uma pistola calibre .380. Municiada e em pronto emprego, carregada com 14 munições.

 

G.D.F. não soube explicar a posse das pedras e apenas disse que as negociava. Como não tem registro da arma, o conduzido foi autuado inicialmente por porte ilegal.

 

A Polícia Civil investiga agora a origem dos 25 quilos de pedras preciosos, cujo valor não foi ainda calculado, e não descarta a possibilidade de contrabando. Tendo em vista tratar-se de crime contra a ordem econômica, o preso foi autuado em flagrante e encaminhado para a delegacia da Polícia Federal.