Itapema apresenta CINCO pontos impróprios para banho

202
Compartilhar

Balneabilidade

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulga o relatório de balneabilidade referente ao mês de junho. Segundo as coletas realizadas de 28 de junho a 1º de julho, 67,5% dos pontos analisados estão próprios no litoral catarinense. Durante a baixa temporada, de abril a outubro, a pesquisa é realizada mensalmente.

Em Florianópolis, dos 87 pontos onde há coleta, 62 estão em condições de receber banhistas, o que representa 71,3%. No restante do litoral, dos 144 locais averiguados, em 94 recomenda-se o mergulho, ou seja, 65,3%. Com relação ao relatório de maio, 14 pontos passaram da condição de próprio para impróprio e 05 pontos passaram da condição de impróprio para próprio.

As amostragens e ensaios são efetuados nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo, São José e São Francisco do Sul.[

O IMA conta com apoio do Corpo de Bombeiros para a realização das coletas. O resultado pode ser acessado em balneabilidade.ima.sc.gov.br e no aplicativo Praia Segura.

Em Itapema
No município, foram cinco pontos considerados impróprios para banho. São elas: no centro: rua 129, rua 113; na Meia Praia, rua 205, rua 227 e rua 319.