Legislativo de Camboriú fará eleição para presidente no próximo mês

97
Compartilhar

Cidades

Na tarde da última segunda-feira, dia 20, a Câmara de Vereadores de Camboriú reabriu para trabalhos internos. A Casa Legislativa manterá expediente apenas no período da tarde e não realizará atendimento ao público externo nesta semana, conforme Decreto Municipal Nº 3.703/2020, que suspende os atendimentos presenciais nos prédios públicos municipais até o dia 26 de julho. Quem necessitar entrar em contato com a câmara pode procurar os meios de comunicação da casa, como o telefone 3365-0093 ou WhatsApp (47)99282.5333.

“Após esta data, claro, vamos analisar a situação e agir também de acordo com novas determinações do município ou estado”, afirmou a Presidente em Exercício Jane Stefenn (PSL).

Uma reunião entre a Mesa Diretora e o procurador da Casa Legislativa também foi realizada para definir as novas normas de funcionamento da câmara, afim oferecer segurança aos servidores. Ficou definido, que além de seguir até o final do mês de julho com os trabalhos em meio período, o número de funcionários será reduzido, havendo revezamento entre os servidores. Além disso, os funcionários ao entrarem na casa seguirão tendo a temperatura medida, a higienização constante do local conforme orientação da vigilância sanitária do município seguirá sendo feita, e o uso de álcool em gel e máscara são obrigatórios.

Nova eleição para Presidente

Com o falecimento do Vereador José Simas (DEM), que estava como Presidente da Câmara, uma nova eleição deve ser feita seguindo o Regimento Interno da casa.

Art. 16 – Vagando-se qualquer cargo da Mesa, será realizada eleição para o seu preenchimento, no Expediente da primeira sessão seguinte à verificação da vaga.

A eleição está marcada para o dia 4 de agosto, quando as sessões ordinárias retornam do recesso. Todos os 15 vereadores podem se candidatar ao cargo.

Vereador Piccoli toma posse

Ainda na tarde da última segunda-feira, tomou posse como Vereador Victor Hugo Branco Piccoli (DEM). Piccoli já havia assumido a função de vereador em abril, quando permaneceu por 60 dias, devido ao afastamento da Vereadora Inalda do Carmo Bednarski (DEM). Agora, Piccoli assume definitivamente a vaga no Legislativo.