Mais uma vez concessionária Águas de Camboriú pauta debate na Câmara de Vereadores

76
Compartilhar


Durante sessão ordinária do dia 21/02, os vereadores aprovaram o Requerimento nº 08/2019, de autoria do vereador Claudinei Loos (MDB). No documento, o parlamentar solicita toda a documentação referente à concessão de abastecimento de água potável, coleta e tratamento de esgoto entre a Prefeitura e a empresa Águas de Camboriú, incluindo contratos, editais, anexos e decretos.

Segundo Claudinei, o pedido é necessário para que ele possa ter acesso ao documento oficial da concessão e então possa fiscalizar a empresa. “No contrato consta o cronograma das atividades e metas de investimentos. Com essas informações posso cobrar resultados para que a população não seja lesada”, justificou.

O vereador ainda criticou a concessão, afirmando que ela concede muito lucro a Águas de Camboriú, já que a empresa é responsável apenas em fazer manutenção e distribuição da água para a população camboriuense, já que é a Emasa, empresa da vizinha Balneário Camboriú, que capta e trata a água.  Nos cálculos do parlamentar, a concessionária paga R$300 mil para a Emasa e arrecada mais de R$ 1 milhão. Os demais vereadores apoiaram a iniciativa e comentaram novamente todo o processo de concessão que foi realizado na cidade.