Moradores em situação de rua procuram emprego em Itapema

388
Compartilhar

Vamos ajudar

Seu Ivair e Ricardo Lúcio vieram para o município com a intenção de arrumar trabalho, porém a situação não está sendo fácil. Ficaram dias na rua, sem se alimentar. Depois que a história viralizou, pessoas do bem conseguiram abriga-los em um hotel, mas continuam em busca de uma oportunidade.

Da redação

Do auge dos seus 58 anos, seu Ivair Rodrigues saiu da cidade de Campo Mourão, no Paraná, com destino à capital catarinense dos Ultraleves. Na bagagem apenas a vontade de arrumar emprego e ter uma mais digna em meia a pandemia. De mais longe ainda, vem o segundo personagem desta história, Ricardo Lucio Felix, que saiu de Santos, São Paulo, para tentar a vida em Santa Catarina. Ambos chegaram há quase duas semanas e se depararam com a situação de rua. “Vim para Balneário Camboriú, mas quando cheguei me falaram que Itapema era melhor de emprego”, conta Ricardo. Já seu Ivanor chamou a atenção dos munícipes por estar dormindo embaixo da marquise, na Agência dos Correios, no Centro.

Caiu na rede

Uma postagem da página Itapema Mil Grau no Facebook ganhou vários compartilhamentos por conta de uma história que já se torna comum em nossa cidade. Não é de hoje que Itapema recebe muitas pessoas em situação de rua que vem em busca de tentar uma vida nova, nesta tão promissora cidade. Na segunda, dia 28, a foto do senhor Ivair Rodrigues, de 58 anos, viralizou. O homem, sentado, na porta da Agência dos Correios, no Centro, onde dormia. De acordo com o relato, seu Ivanor veio do Paraná à procura de emprego, como não conseguiu, o senhor ficou na rua, com fome, sem almoçar, sem tomar café… ele só deseja uma oportunidade.

Experiências profissionais

Em fala a nossa reportagem, Seu Ivair conta que já trabalhou com limpeza e servente de pedreiro, assim como Ricardo que tem registro de motorista e também já trabalhou na construção civil. Depois da postagem, pessoas do bem conseguiram levar os dois homens para um hotel da cidade. No dia de ontem, realizaram uma entrevista para uma construtora da cidade, mas ainda aguardam o resultado. Além do emprego, eles estão precisando de roupas, calçados e produtos de limpeza. Se você quiser ajudar de alguma forma é só ligar no número

(47)9 96726442 (Contato do seu IVAI).