Números que salvam: um, nove, três!

245
Compartilhar

 

Apresentação

                  Permita que me apresente, sou o sargento Ramires do Corpo de Bombeiros Militar de Itapema! Fui convidado por este jornal a contribuir e compartilhar experiências relacionadas ao meu trabalho e atividades exercidas pela corporação. O trabalho é gratificante, lidar com resgate e salvamento de vidas é algo que nos leva a tomar overdoses de adrenalina.

Quem nunca viu ou ouviu as viaturas vermelhas cortando as ruas da cidade em alta velocidade soando suas estrondosas sirenes? Sempre fica aquela pergunta no ar. O que será que aconteceu? Porque os bombeiros passaram “voando” por aqui? Esses movimentos instigam nossa curiosidade, afinal, quando isso acontece, alguém está precisando de ajuda ou encontra-se em situação complicada.

Nosso objetivo nesses encontros semanais vai ser de deixar você bem informado sobre as atividades exercidas bem como passar algumas dicas de prevenção, procedimentos e segurança afim de que evite se envolver ou causar algum acidente que possa colocar a sua vida ou de outra pessoa em risco.

 Existe um ditado que diz: onde falha a prevenção, ocorre o acidente! E é para que isso não venha acontecer que estarei orientando. Existem muitos assuntos a serem abordados na parte operacional desde: acidentes de trânsito, afogamentos, paradas cardíacas, quedas de edificações, queimaduras, choque elétricos, ferimentos com armas de fogo ou branca, incêndios de variados tipos, resgates, captura de animais peçonhentos e outra infinidade de ocorrências.  Já na parte técnica temos o trabalho de prevenção em edificações, análise de projetos, habite-se, vistorias e outra série de atividades.

O que tenho a dizer é que será muito interessante essa troca de experiências e conhecimentos, com um único propósito de deixar você como leitor (a), bem informado (a).

Nesta breve apresentação concluo, convidando todos a participarem e apreciarem a coluna e por fim dizer que minha experiência com mais de 20 anos no Corpo de Bombeiros Militar catarinense, me credencia a esta interatividade.  Foi por isso que sugeri o título ao nosso encontro de: Números que salvam: um, nove, três!

Venham comigo.

Ótima semana!