O Alunos do pré fazem horta no CEI João de Souza Arruda

429
Compartilhar

As crianças do pré III do Centro de Educação Infantil (CEI) João de Souza Arruda estão fazendo uma horta no pátio da unidade de ensino. Na terça-feira, dia 14, eles prepararam a terra e receberam as mudas. No dia seguinte, começaram o plantio. A iniciativa faz parte do Programa Tatu de Educação Socioambiental, criado pela Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam) e desenvolvido em parceria com a Secretaria de Educação.

O programa está em nove CEIs e engloba várias atividades socioambientais – a horta é uma delas. Tem também atendimento aos alunos, orientação em relação à preservação do meio ambiente e outros. Essa semana foi a vez do Centro de Educação Infantil João Arruda ser contemplado com a horta. Professores e alunos fizeram os trabalhos em conjunto com uma equipe da Fucam. Na quinta-feira, dia 15, eles colocaram de novo a mão na massa e plantaram as mudas de alface, produzidas pela Secretaria da Agricultura.

A educadora ambiental e responsável pelo programa, Sirléia Cristina Lopes Sebold, acompanhou tudo de perto. “Esse programa é importante para sensibilizarmos as crianças desde pequenas a se sentirem responsáveis pelo meio ambiente, e assim formamos cidadãos mais cuidadosos com suas atitudes de preservação do que ainda temos da natureza”, relata.

De acordo com a coordenadora do CEI, Fátima Regina Carvalho da Silva, o programa é fantástico. No que depender dela e da escola, a Fucam terá todo o apoio para dar continuidade. “É super importante para os alunos saírem de sala de aula e ter essa experiência e esse contato com a terra. Agora eles sabem de onde vem o alface, como planta e o cuidado que eles têm de ter agora para que a planta cresça”, relata.

As crianças até passam a gostar mais de verdura por conta do contato. “A gente sabe da dificuldade dos pais para fazerem seus filhos comer verdura, o plantio, o cuidado e a colheita fazem com que eles queiram comer com gosto”, compartilha Fátima.