Onda Bolsonaro virou tsunami na Costa Esmeralda

724
Compartilhar

Eleições 2018

Jair Bolsonaro foi o candidato à presidência mais votado em nossa cidade. O postulante a deputado federal, Coronel Feres, foi o mais bem votado, que também é do PSL (Partido Social Liberal), com uma diferença de mais de 1 mil votos para o 2° colocado, entretanto, não se elegeu. Já o Comandante Moises, candidato ao Governo teve mais de 2 mil votos à frente do segundo candidato em Itapema. A onda do Bolsonaro virou um verdadeiro tsunami e chegou com tudo na capital catarinense dos Ultraleves e adjacências.

Cleyton Amaral

A onda Bolsonaro se transformou num verdadeiro tsunami em Itapema e região. O que se viu nas urnas no último domingo, dia 07, foi uma enxurrada de votos em candidatos da sigla do presidenciável, confirmando o favoritismo de Jair e seus pupilos. A votação em massa já era esperada, embora o Partido Social Liberal ainda tenha pela frente a disputa do segundo turno com os candidatos Jair Bolsonaro e Comodante Moises.

O vice-presidente do Partido em Itapema revela a satisfação com o resultado do pleito. “Eu encaro com muita satisfação, mas também com muita naturalidade a votação expressiva no Capitão Jair Bolsonaro e em nosso candidato a Dep. Federal o Coronel Feres. O PSL catalisou o sentimento antipetista que oferecia um vácuo graças a incapacidade do PSDB de se comportar como uma genuína oposição, já que ideologicamente não o são. A ida do Comandante Moisés para o segundo turno é a prova disso também, além de deixar claro o poder de transferência de votos que o Bolsonaro apresenta, algo nunca antes visto desde Lula que se encontra preso em Curitiba e de lá orienta a campanha do PT. Itapema nos deu”, expressa Guilherme Ângelo, vice-presidente do PSL em Itapema.

Veja os números da onda Bolsonaro por aqui

O candidato do PSL, Jair Messias Bolsonaro, ficou em primeiro lugar em Santa Catarina, com 65,82% dos votos válidos, o maior número de votos proporcionais comparado a outros estados brasileiros.

Para presidente

Nos colégios eleitorais da região da Costa Esmeralda, Bolsonaro também teve uma votação expressiva. Em Itapema, foram 74,21% (23.342) dos votos válidos contra 9,45% (2.974) do adversário petista no segundo turno, Fernando Haddad (PT).

Em Porto Belo, a vantagem foi ainda maior, com 74,23% (7.564) contra 10,03% (1.022) de Haddad e apenas 5,94% (605 votos) de Ciro Gomes. Das três cidades, a menor diferença foi em Bombinhas, onde Bolsonaro somou 71,33% (7.497) dos votos válidos. Ao contrário das outras duas cidades, o segundo lugar ficou com Ciro Gomes, que conquistou 9,90% (1.040) dos votos válidos, seguindo de Haddad, com 9,33% (981) votos.

OS VOTOS DE BOLSONARO NA COSTA ESMERALDA

Itapema: 74,21% dos votos 23.342 votos

Porto Belo: 74,23% dos votos 7.564 votos

Bombinhas: 71,33% dos votos 7.497 votos

Para Governador

Comandante Moises foi, sem dúvida, a grande surpresa desta eleição em Santa Catarina. Por aqui o resultado não foi diferente. O candidato do Bolsonaro fez 11.402 votos em Itapema, ficando em primeiro lugar com um total de 39,55% dos votos válidos, com mais de 2 mil votos (2.173) à frente do candidato da prefeita Nilza Simas, Merísio que emplacou 9.229 votos, 32,02% dos votos válidos.

Deputado federal

Coronel Feres foi o candidato mais votado em Itapema, com 3.313 votos, 11,64% dos votos válidos na cidade, com mais de 1 mil votos à frente do segundo candidato. Entretanto, Feres não conseguiu uma cadeira na Câmara Federal, mas foi, sem dúvidas, o candidato dos itapemenses. “Uma grata surpresa ao fazer do Coronel Feres o Deputado Federal mais bem votado da cidade, com mil votos à frente do segundo colocado Darci de Matos 55. Deixou para trás ainda candidatos de vereadores e do ex-prefeito Sabino. O Brasileiro tem a chance real, nunca antes vista, de escolher entre um candidato honesto, independente e com uma bancada enorme no Congresso que permitirá realizar as importantes reformas no país ou escolher um poste de um presidiário trancafiado em Curitiba. Eu tenho fé no brasileiro”, enfatiza Guilherme Ângelo, vice-presidente do PSL em Itapema.