Pacientes reclamam da falta de especialista no Ceres

1248
Compartilhar

De acordo com moradores, o médico psiquiatra da unidade saiu de férias e não há substituto. Pacientes relatam que estão sem receita para medicamentos controlados.

“Médico Psiquiátrica em férias até aí tudo certo Ok? Não nada certo!!!! Ao procurar o atendimento no centro especializado a consultas no centro, fui informado que o médico que atende está de férias… E que não estaria atendendo há 30 dias. E para piorar não tem médico substituto para atender nessa área. E atendimento com o psicólogo somente de 3 a 4 meses na espera. Será que vivemos só de Turismo e veraneio nessa cidade? E as pessoas que moram aqui esperar o médico voltar de férias para ser atendido porque não tem um substituto?

Pior de três a quatro meses de espera para agendar uma consulta? Isso além de humilhante é revoltante”, queixa-se uma moradora que prefere não ser identificada.

As críticas com a falta de médico especialista não pararam. “Esses dias meu marido procurou o posto de saúde Ceres. Para consultar com psiquiatra recebemos a notícia que médico que consulta no posto entrou em férias por 30 dias. E não teria outro médico para atender até o mesmo voltar de suas férias. Não teria um médico substituto. Ele faz uso com medicamentos controlados, que só o psiquiatra pode receitar, como fica? ”expressa outra paciente.

Resposta prefeitura

Nossa equipe entrou em contato com a assessoria da prefeitura para saber informações sobre as queixas, mas até o fechamento desta edição (na sexta, dia 17), não havíamos recebido uma resposta.