13.9 C
Itapema
sábado, julho 13, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 07/09: Mais uma tragédia para a conta da Casan

    Pelo Estado 07/09: Mais uma tragédia para a conta da Casan

    Em:

    Em Destaque

    Edson Moritz, quando assumiu a presidência da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), há pouco mais de duas semanas, nunca imaginou que cairia em seu colo mais uma tragédia de responsabilidade da companhia. O rompimento do reservatório localizado no bairro Monte Cristo, em Florianópolis, destruiu residências, carros, motos, ruas e tudo mais que estava pela frente, deixando mais de 80 famílias desabrigadas.

    O prefeito em exercício, João Cobalchini (União), também não aguardava uma demanda desta proporção e a relação da prefeitura com a Casan, que já ia de mal a pior, entornou de vez. Questionamos Cobalchini sobre as providências a serem tomadas, além do amparo às vítimas, obviamente, e ele afirmou que já está alinhando tudo com o prefeito Topázio Neto, que antecipou sua volta da Coreia do Sul por conta do ocorrido. Cobalchini também garantiu que seja como prefeito interino ou como presidente da Câmara Municipal, irá acompanhar de perto os desdobramentos do fato para que esta não seja mais uma tragédia esquecida. 

    O governador Jorginho Mello (PL) também se manifestou e pediu agilidade na identificação dos responsáveis pela tragédia. E precisa?

    Assim como aconteceu há cerca de três anos na Lagoa da Conceição, um morador avisou sobre a rachadura na parede da construção, que há cerca de um ano e meio foi entregue à população. Fora isto, ainda tem o problema de saneamento do Sul da Ilha. 

    São muitos pontos a serem corrigidos e a prefeitura de Florianópolis deve ser ainda mais incisiva nas suas ações em relação à Casan. 

    Por fora, ainda corre a investigação sobre a empresa de laticínios do Rio de Janeiro, da qual a companhia seria acionista.

    De acordo com as palavras do próprio Edson Moritz, a imagem da Casan no Estado que já não era boa, acaba de ser enterrada de vez.

    Processo seletivo para professores

    image 3
    Foto: Rodolfo Espínola/AgênciaAL

    O edital para contratação de professores pela Secretaria de Estado da Educação tem provocado descontentamento no magistério e gerou críticas públicas da presidente da Comissão de Educação da Alesc, Luciane Carminatti (PT). Mesmo após a deputada pedir a retificação do documento, as regras seguem inalteradas. O principal ponto é a limitação estabelecida pelo edital a professores que possuem múltiplas habilitações, o que impacta diretamente professores que possuem duas ou mais graduações e que, até então, podiam concorrer no processo seletivo bianual para ministrar diferentes disciplinas. 

    Vale ressaltar que aproximadamente 60% do corpo docente da rede estadual é formado por ACTs, contratados de forma temporária a cada biênio. Em 2021, o processo seletivo também foi marcado por falhas de organização que culminaram em denúncias ao Ministério Público. Este ano, o contrato com a banca organizadora, a Acafe, envolve uma verba de cerca de 3 milhões de reais para atender 45 mil inscrições.

    Mais Casan

    O deputado Matheus Cadorin (Novo), fez um requerimento pedindo a presença do presidente da Casan Edson Moritz, na Alesc, na tarde desta quarta-feira. Porém, o governador ligou para o deputado e pediu que Edson seja chamado outro dia. Segundo ele, para que o presidente da companhia possa estar presente no local atingido pelo rompimento do reservatório da Casan. 

    A próxima data ainda será definida.

    Relatório orçamentário

    O secretário de Estado da Fazenda, Cleverson Siewert esteve na manhã desta quarta-feira, 6, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) para participar da reunião ordinária da Comissão de Finanças e Tributação que tem por objetivo apresentar os relatórios de execução orçamentária do 2º bimestre e da gestão fiscal do 1º quadrimestre de 2023, conforme preceitua a Lei de Responsabilidade Fiscal. Um dos pontos destacados foi a queda das receitas públicas, sobretudo devido à diminuição das transferências federais. Para fazer frente a esta situação, o secretário afirmou que vem sendo implementado um processo de redução nos gastos do Executivo, sobretudo nas despesas com a manutenção dos serviços públicos.

    Prêmio Fundação BB

    O Banco do Brasil e a Fundação BB anunciam a abertura das inscrições para a 12ª Edição do Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social. Podem participar instituições sem fins lucrativos, tais como instituições de ensino e de pesquisa, fundações, cooperativas, organizações da sociedade civil e órgãos governamentais de direito público ou privado, legalmente constituídas no Brasil. O Prêmio tem por objetivo certificar, premiar e difundir Tecnologias Sociais já aplicadas e em atividade, que se constituam em efetivas soluções para questões relativas à alimentação, educação, energia, geração de renda, habitação, meio ambiente, recursos hídricos e saúde. As inscrições encerram no dia 10 de novembro de 2023, e devem ser realizadas exclusivamente pelo site www.bb.com.br/tecnologiasocial

    Shein em SC

    Jorginho Mello e secretários de Estado estiveram reunidos na terça-feira, 5, com a diretora de Relações Exteriores da SHEIN, Anna Beatriz Lima. No encontro, foi oficializada a produção de peças em Santa Catarina, com a parceria de empresas locais. Inicialmente, foram mapeadas dezenas de empresas do setor têxtil, pela SHEIN para permitir esse trabalho. Para o governador, esta é uma oportunidade de abrir mercados para as micro e pequenas empresas. 

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_07.09.2023

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades