16.6 C
Itapema
segunda-feira, julho 15, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 09/02: Força tarefa para o Carnaval

    Pelo Estado 09/02: Força tarefa para o Carnaval

    Em:

    Em Destaque

    Santa Catarina espera um faturamento de 2,3 bilhões no carnaval de 2024, segundo levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

    Só em Florianópolis, a expectativa da Prefeitura Municipal de Florianópolis é de que cheguem mais de 1,5 milhões de turistas e, de acordo com a ABIH-SC (Associação Brasileira de Indústrias de Hotéis), só na Grande Florianópolis, mais de 90% da rede hoteleira está ocupada.
    Mas precisamos admitir que tudo que tem bônus, tem ônus. Para uma festa desta grandeza, o Estado vem se preparando há meses em questões como segurança, mobilidade e saúde, por exemplo.

    A projeção das polícias Militar Rodoviária e Rodoviária Federal é de que as rodovias de Santa Catarina devam ter um aumento de 50% no fluxo de veículos durante o fim de semana de Carnaval. Já a Polícia Militar de Santa Catarina, também para este período, está realizando a Operação Alegria 2024 em todo o território catarinense. As ações visam coibir o porte ilegal de armas de fogo, a posse e o comércio de drogas, a venda de bebidas alcoólicas em desacordo com a legislação e a condução de veículos em via pública sob efeito de álcool ou outras substâncias.

    A Secretaria de Estado da Saúde (SES) vem com uma campanha de conscientização na prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis, como o HIV, sífilis, HPV, hepatite A, entre outras.

    Celesc, Casan e demais órgãos também estão em uma força tarefa para que a folia no Estado transcorra com segurança e tranquilidade.
    A próxima entrevista da Coluna será com o Secretário de Turismo do Estado, Evandro Neiva, sobre as expectativas e investimento do governo na festa momesca.

    CaTec

    ZACA4570
    Fotoleg: Secom

    Para incentivar a formação técnica dos estudantes do ensino médio (tecla que Jorginho Mello sempre vem batendo em seus discursos), o Governo do Estado acaba de lançar o programa CaTec – Catarinense Técnico. O objetivo é ampliar a oferta de cursos técnicos para estudantes da Rede Estadual de Ensino, possibilitando que encerrem o ensino médio com o diploma de conclusão e pelo menos uma certificação técnica. As unidades escolares participantes foram autorizadas pelo Conselho Estadual de Educação (CEE/SC), a ofertar vagas em cursos técnicos da área Gestão e Negócios para os estudantes matriculados nas turmas de 2ª e 3ª série do ensino médio das escolas estaduais a partir do primeiro semestre de 2024.
    Para o governador, esta seria uma saída para acabar com um dos grandes problemas do Estado, a falta de mão de obra qualificada.

    Produção de maçã

    Santa Catarina espera por uma excelente safra de maçã este ano, apesar das condições climáticas ocasionadas pelo El Niño. A previsão é de aumento para o abastecimento do mercado interno e volume semelhante ao exportado no ano passado.

    Esta semana, o presidente da Associação Brasileira de Produtores de Maçãs (ABPM), Francisco Schio, e o diretor executivo da entidade, Moisés de Albuquerque, apresentaram perspectivas deste ano ao Ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro. Ao lado de deputados e senadores catarinenses, eles reforçaram o papel do segmento — que tem 49% da produção nacional concentrada nas regiões de São Joaquim e Fraiburgo.

    Internação compulsória

    Mais um município entrou com projeto de internação compulsória de pessoas em situação de rua com dependência química. O prefeito de São José, Orvino Coelho, foi quem apresentou a proposta que tem por objetivo garantir tratamento de saúde e a segurança de quem vive nas ruas. As internações involuntárias vão acontecer em clínicas especializadas de São José, por no máximo 90 dias, e devem ser autorizadas por um médico. O PL ainda está sendo analisado.

    Ferry Boat

    A Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) acaba de assinar um termo de compromisso entre o Estado e a empresa F. Andreis para prestação do serviço de ferry-boat entre Joinville e São Francisco do Sul (Vigorelli e Vila da Glória), foi concluído e assinado. O documento, assinado pelo secretário Jerry Comper, estabelece, entre outras coisas, que a empresa estará sob fiscalização da Aresc a partir de agora e deverá realizar as melhorias a serem listadas após vistoria do Estado ao equipamento que hoje opera a travessia. O Estado retomou o poder de gerenciar e fiscalizar o serviço, já que a operação da travessia em questão estava sem regulamentação desde 1994.

    Gás Natural Residencial

    O Gás Natural nas residências de Itapema completa um ano desde a primeira ligação em um condomínio residencial do município. Em janeiro de 2023, a cidade no litoral catarinense registrou seu primeiro consumidor residencial, o empreendimento Garden Square Residence. Atualmente, além das unidades residenciais, dois comércios, uma indústria e dois postos também são abastecidos pela SCGÁS, totalizando 146 clientes.

    Polêmico

    Foi, no mínimo, polêmico o pronunciamento do senador Jorge Seif (PL) que criticou o edital de processo seletivo promovido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) que estabelece cota para pessoas trans.

    Publicado em 2 de fevereiro, o edital trata de “processo seletivo simplificado para contratação de substituto com previsão de reserva de 1% das vagas para pessoas trans”, disse o senador. Jorge Seif afirmou que a reserva de vagas não se justifica, tendo em vista que a Constituição estabelece que “todos são iguais perante a lei e o Estado brasileiro”.

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_09.02.2024

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades