16.6 C
Itapema
segunda-feira, julho 15, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 09/04: No PL, Guidi garante vaga na disputa por prefeitura

    Pelo Estado 09/04: No PL, Guidi garante vaga na disputa por prefeitura

    Em:

    Em Destaque

    Aos 45 do segundo tempo do fechamento da janela partidária, o Secretário do Meio Ambiente e Economia Verde, Ricardo Guidi, resolveu, finalmente, deixar o PSD para concorrer à prefeitura de Criciúma pelo PL, agradando ao governador Jorginho Mello, que chegou a encontrar com o presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, e “pedir” que a troca não levasse Guidi a perder a cadeira na Câmara Federal.

    Contudo, Guidi se manteve em cima do muro até pouco tempo e, só saiu dele, depois que o PSD resolveu empurrar para julho a pesquisa que decidiria quem seria o candidato do partido à majoritária em Criciúma, ele ou Arleu da Silveira.

    Insatisfeito porque a pesquisa, inicialmente, deveria ter sido realizada em março, e para garantir que não correria o risco de ficar fora da disputa, Guidi assinou com o PL no penúltimo dia antes do fechamento da janela partidária de 2024. E o ato contou com a presença de seu mais forte apoiador, o governador Jorginho Mello. Teve até a promessa de que o próprio Bolsonaro virá ao Estado para fazer campanha para ele.

    Isso que é entrar com o pé direito! E nesta segunda-feira, 8, Guidi já fez sua primeira reunião com os vereadores da bancada, em Criciúma.

    E durante a passagem de Jorginho pelo município para a filiação de Guidi, o governador aproveitou para acompanhar a final do Catarinense, no sábado, e ir à missa no Santuário do Sagrado Coração de Jesus, em Içara, no domingo. Foi lá que posou ao lado de Clésio Salvaro (PSD), que aproveitou para entregar ao governador dois ofícios com solicitações para a cidade.

    Um sobre a necessidade de contratar mais profissionais de saúde para atender a demanda do Hospital Materno-Infantil Santa Catarina, que é administrado pelo Estado, e outro sobre a continuidade das obras do Anel de Contorno Viário, cuja paralisação tem causado problemas à economia e à população local.

    E este é o momento, porque qualquer negativa ao prefeito pessedista poderá ser entendida como estratégia de campanha. Jorginho e Clésio devem se reunir em breve.

    Balanço Geral

    WhatsApp Image 2024 04 08 at 16.09.12
    Foto: Roberto Zacarias/Secom

    O governador Jorginho Mello e o secretário de Estado da Fazenda, Cleverson Siewert, entregaram ao Tribunal de Contas do Estado (TCE SC) o “Balanço Geral de 2023: Santa Catarina, Feita por Pessoas”, o primeiro com números referentes à atual gestão.

    A partir de agora, cabe ao TCE analisar as contas e repassar a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), a aprovação ou rejeição das contas que detalham a gestão orçamentária e financeira do Governo em 2023. O relator será o conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Júnior e o prazo para a conclusão do trabalho é de 60 dias.

    Segurança escolar

    Na última semana, foi realizada mais uma reunião do Grupo de Trabalho de Segurança Escolar do MPSC para apresentação de alguns projetos, entre eles o entre eles o projeto Escola Restaurativa, a Rede de Segurança Escolar.

    A Rede de Segurança Escolar, programa da Polícia Militar voltado à integração com as comunidades escolares, envolve visitas preventivas para análise minuciosa das estruturas, palestras, ações de interação e engajamento e treinamentos. O programa funciona de forma alinhada com outros projetos, entre eles o Proerd, o Estudante Cidadão e o Escola Mais Segura. Já a Escola Restaurativa consiste em promover a prevenção, resolução e transformação de conflitos dentro das instituições, com base na metodologia já existente de Justiça Restaurativa. Este projeto já está em desenvolvimento em Blumenau e a ideia é expandi-lo para todo o Estado.

    FECAM vai a Brasília

    Nesta terça-feira, 9, o vice-presidente da Federação dos Consórcios, Associações de Municípios e Municípios de Santa Catarina (FECAM), Kleber Wan-Dall estará em Brasília na mobilização nacional de prefeitos convocada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Os gestores municipais pressionam o governo por uma solução definitiva para a desoneração da folha de pagamentos, que impacta diretamente as finanças municipais. Na pauta, estarão também parcelamento da previdência e precatórios, organizações sociais fora da despesa de pessoal e os debates em relação à regulamentação da reforma tributária.

    Arrecadação

    O bom desempenho econômico de Santa Catarina neste início de ano se refletiu em mais um mês positivo para a arrecadação tributária estadual. Março terminou com uma receita tributária de R$ 4,2 bilhões, valor que representa alta nominal de 15,9% em relação ao mesmo período de 2023. Na prática, considerando a inflação de 4,5% no período (IPCA), houve aumento real de 10,9% na comparação com março do ano passado. Os resultados expressivos dos três primeiros meses do ano são historicamente favorecidos pela grande circulação de turistas que visitam o Estado no período, com aumento significativo no consumo de combustíveis, energia elétrica e bebidas.

    Título de eleitor

    Termina no dia 8 de maio o prazo para eleitores que precisam atualizar ou regularizar sua situação eleitoral. Serviços como emissão de primeiro título, regularização de título cancelado, atualização de dados pessoais e transferência de município ou local de votação só podem ser solicitados até essa data, que é quando ocorre o fechamento do cadastro para que a Justiça Eleitoral possa organizar o pleito. Depois deste prazo, novas alterações só poderão ser feitas em novembro, após as eleições. O eleitor que já possui o cadastro biométrico pode solicitar a transferência do título pelo site do TRE-SC, por meio do autoatendimento online. Quem não tem a biometria deve agendar o seu atendimento em qualquer cartório eleitoral do estado.

    Musk x Moraes

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou multa diária de R$ 100 mil por perfil, caso o X, antigo Twitter, descumpra determinações feitas por ele sobre o bloqueio de usuários. Após ameaças do bilionário Elon Musk, dono da rede social X, Moraes determinou também a abertura de uma investigação contra o empresário. A decisão é no âmbito do inquérito que apura a existência de milícias digitais. No último final de semana, Musk usou sua rede social para atacar Moraes, pedindo sua renúncia.

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_09.04.2024

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades