14.3 C
Itapema
sexta-feira, julho 12, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 20/06: Cresce o número de prefeitos presos por corrupção em...

    Pelo Estado 20/06: Cresce o número de prefeitos presos por corrupção em SC

    Em:

    Em Destaque

    Enquanto as manchetes dos sites e jornais vendem Santa Catarina como um dos estados mais desenvolvidos economicamente e seguros do país, a realidade que, literalmente, bate à porta, não é tão cor de rosa.

    De 2020 até agora, 27 prefeitos, dois vices, além de mais um sem número de políticos, foram presos em uma série de ações do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), que jogou luz em um dos maiores esquemas de corrupção da história do Estado, quiçá, do país.

    Nesta quarta-feira, 19, mais quatro prefeitos foram detidos pela Polícia Federal por suspeita de corrupção e fraude em licitações para desvio de verba pública. Uma triste realidade.

    Foram detidos Clori Peroza (PT), prefeita de Ipuaçu; Marcelo Baldissera (PL), prefeito de Ipira; Mário Afonso Woitexem (PSDB), prefeito de Pinhalzinho e Fernando de Fáveri (MDB), prefeito de Cocal do Sul.

    Esta segunda fase da Operação Fundraising foi deflagrada pelo GAECO e o Grupo Especial Anticorrupção (GEAC) e mirou 23 municípios catarinenses, cumprindo 63 mandados de busca e apreensão e 11 mandados de prisão preventivas, entre eles, cinco contra servidores públicos. O objetivo é desarticular uma quadrilha de empresários que, entre outras coisas, recrutava os servidores para entrar no esquema.

    Quanto aos prefeitos detidos, já sabemos qual o futuro depois de serem afastados do cargo, ou serão cassados ou renunciarão.

    Isto que estamos em ano eleitoral. Não se surpreendam se ações como esta começarem a surgir com maior frequência e com gente graúda envolvida. Só esperar.

    Governador despacha da Serra

    ZACA0004 1
    Jorginho Mello – Foto: Roberto Zacarias /Divulgação

    O governador Jorginho Mello (PL) está subindo a Serra catarinense. Abrindo o roteiro de agendas na região, Jorginho assinará nesta quinta-feira, 20, em Bom Jardim da Serra, a ordem para a licitação de concessão do Mirante Rio do Rastro. Na sequência, ele vai a Urupema, onde visita a EEB Manoel Pereira de Medeiros. Depois, Jorginho Mello inaugura um reservatório de água da Casan, com investimento do Governo do Estado de R$ 828 mil, para atender 1.331 moradores. No sábado, 22, o governador entrega equipamentos de agricultura em São Joaquim.

    A ida do governador, que fez questão de despachar da Serra, é também uma forma de prestigiar a chegada do inverno e incentivar o programa Estação Inverno.

    Sinduscon

    O Sinduscon Grande Florianópolis publicou na última segunda-feira, 17, o edital das eleições que vão escolher a nova Diretoria e Conselho da entidade em agosto. A posse da diretoria a ser eleita será em setembro, em Florianópolis, quando o atual presidente, Marco Alberton, se despedirá do cargo que ocupou por dois mandatos. O prazo para registro de chapas vai até o dia 23 de julho.

    “A renovação na entidade é importante para assegurar que ela siga forte. A nova Diretoria terá muitos desafios pela frente, por isso estamos buscando construir o consenso, de forma a dar sequência às mudanças que viemos implementando ao longo dos últimos quatro anos”, disse Alberton.

    Barragens

    O deputado Rodrigo Preis (PT) protocolou um pedido de informação ao secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil, Coronel Fabiano de Souza, para que esclareça dúvidas referentes às barragens da região do Alto Vale do Itajaí: de Taió, Ituporanga e José Boiteux. Ele questiona o governo sobre a existência de um plano estadual detalhado de manutenção e segurança das barragens e quais as medidas preventivas e corretivas tomadas nos últimos anos para proteger os moradores. O parlamentar também quer saber como o Estado está abordando os problemas identificados nas sentenças e no reexame sobre a construção da barragem Norte e os danos causados à comunidade da Terra Indígena Ibirama.

    Congresso do Cepon

    O Centro de Pesquisas Oncológicas (CEPON), unidade do Governo do Estado, que é referência no tratamento de pacientes com câncer em Santa Catarina, sob gestão da FAHECE, promove de 22 a 24 de agosto de 2024 o III Congresso do CEPON. Os participantes terão a oportunidade de submeter trabalhos, nas modalidades Pesquisa Científica ou Relato de Caso, de forma gratuita, abrangendo diversas áreas como Oncologia Clínica, Cirurgia Oncológica, Hematologia, Cuidados Paliativos, entre outras. A submissão pode ser feita até o dia 1º de julho de 2024, na plataforma www.congressodocepon.com.br.

    Linguagem neutra

    O Ministro da Justiça, Flávio Dino, suspendeu uma Lei Municipal de Navegantes que proibia o uso da linguagem neutra pelos órgãos públicos municipais, inclusive pelas instituições de ensino, bancas examinadoras de seleção e de concursos públicos municipais.

    A lei aprovada em setembro de 2021, proibia “nos ambientes formais de ensino e educação, é vedado o emprego de linguagem que, corrompendo as regras gramaticais, pretendam se referir a ‘gênero neutro’, inexistente na língua portuguesa”.
    De acordo com o parecer do Ministro, compete somente à União legislar sobre diretrizes e bases da educação nacional.

    Repactuação

    O ministro dos Transportes, Renan Filho, apresentou em Brasília uma proposta para repactuação de contrato com a Arteris Litoral Sul, na concessão do trecho Norte da BR-101 e na BR-116, entre Paraná e Santa Catarina. O contrato, que deveria encerrar em 2028, poderá ser estendido até 2048 se o Governo Federal aprovar a proposta, que prevê investimentos na casa dos R$ 15 bilhões. No entanto, a distribuição dos recursos ainda não está definida e não se sabe quanto virá para Santa Catarina.

    > Clique aqui para ver a coluna Pelo Estado PE_20.06.2024

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades