15.4 C
Itapema
sábado, julho 13, 2024
mais
    InícioSanta CatarinaColuna Pelo EstadoPelo Estado 26/06: A presença, ou não, do presidente em Santa Catarina

    Pelo Estado 26/06: A presença, ou não, do presidente em Santa Catarina

    Em:

    Em Destaque

    O Contorno Viário da Grande Florianópolis, maior obra em andamento atualmente no país, cuja previsão de entrega era para final de julho de 2024, está cotada para ser entregue no dia 2 de agosto. Depois de mais de 10 anos de atraso, dias a mais não devem nem ser considerados.

    A data não é oficial e ainda não foi comunicada pela concessionária Arteris Litoral Sul, responsável pela obra, mas, segundo a deputada petista Ana Paula Lima, existe a possibilidade que o presidente Lula venha participar desta inauguração. Se isso acontecer, esta será sua segunda visita ao Estado em menos de um mês, já que uma outra agenda está marcada no  Estado, no dia 5 de julho, para prestigiar a chegada do primeiro navio no porto de Itajaí sob a nova administração da JBS/Seara.

    Mas até lá, as obras do Contorno seguem na corrida contra o tempo. No último final de semana, foi instalada a última viga, das 667 de todo o projeto. Também na última semana, foi feito um simulado de atendimento a acidente em túnel, no túnel 4 do Contorno. A iniciativa foi uma preparação para a operação da futura rodovia.

    Há, ainda, a possibilidade de que o presidente não participe da entrega do Contorno, enviando seus ministros, como é de praxe, mas visite a obra após ir a Itajaí. Se isso acontecer, vai ficar mais que claro que, apesar dos apoio e investimentos ao Estado, Lula não quer sua imagem atrelada ao Estado, porque desde que assumiu o terceiro mandato, nunca apareceu por aqui e, quando tem a oportunidade, faz questão de uma passagem relâmpago.

    Enquanto isso, seu adversário direto nas últimas eleições, Jair Bolsonaro, sempre que tem uma brecha, aparece por aqui e ainda faz questão de se envolver no cenário político catarinense.

    Visitas ilustres

    WhatsApp Image 2024 06 25 at 15.41.08
    Silvinei Vasques – Foto: PRF/Divulgação

    O ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques, receberá visitas ilustres no presídio da Papuda, em Brasília, onde está preso desde agosto de 2023. Uma comitiva de senadores catarinenses vai até lá para ver as condições em que Silvinei está sendo mantido.

    A entrada dos parlamentares está limitada a três por vez, e deverão ser agendadas e aprovadas pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Distrito Federal (SEAPE/DF). Quem deu autorização para o encontro foi o ministro do STF, Alexandre de Moraes, mas na autorização ele também proíbe celulares ou qualquer outro tipo de captação de imagens de lá de dentro.

    Lembrando que, antes de ser preso aqui mesmo em Santa Catarina, Silvinei era cogitado para concorrer à prefeitura de São José.

    Vacinação abaixo da meta

    Apesar de um levantamento da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), apontar que ainda há mais de 340 mil casos prováveis de dengue e 260 mortes já confirmadas pela doença no Estado, a população parece não se importar. O índice de vacinação contra a doença continua extremamente baixo, apenas 27,04% do público-alvo, crianças e adolescentes, entre 10 e 14 anos, está vacinado. Não é possível que pais e responsáveis não tratem este assunto com seriedade e não percebam a importância da vacinação. Enquanto isso, hospitais de toda Santa Catarina enfrentam superlotação e ninguém entende o motivo. Colocam a culpa na gestão do Estado, sem perceber que nós, cidadãos, temos sim nossa parcela de culpa por não fazermos a nossa parte, que é prevenir as doenças, mesmo com toda a orientação que recebemos.

    Situação de emergência

    A Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Único da Assistência Social (SUAS) realizou nesta terça-feira, 25, uma reunião tendo como destaque os planos municipais para calamidades e situações de emergência. Hoje, 126 municípios catarinenses (42%) declaram não ter um planejamento, segundo dados do Tribunal de Contas do Estado. Durante o encontro, também foram debatidos temas como a carta aberta aos candidatos a prefeito e vereadores e a moção aprovada na Alesc de apoio à PEC 383/2017, em tramitação na Câmara Federal, que garante o mínimo de 1% do orçamento da União para a política de assistência social.

    Continua preso

    Após ter três pedidos de Habeas Corpus negados pela Justiça catarinense, o ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Florianópolis, Ed Pereira, apelou para o STJ, mas sem sucesso. Ed, que foi preso durante a segunda fase da Operação Presságio, que investiga fraudes em licitações e desvio de verba pública, recebeu esta semana outra negativa e permanecerá ocupando um espaço na penitenciária da Capital.

    Cláudio Gastão da Rosa Filho, advogado que o está representando, disse em nota que aguarda com tranquilidade o julgamento do mérito e espera que seja alinhado a precedentes da própria Corte citados na impetração.

    Investindo em Startups

    Chapecó é polo no Oeste de empresas de tecnologia e inovação e está entre as 15 cidades brasileiras com o maior número de startups. Para fortalecer esse cenário, nesta quinta, 27, será realizado um painel com orientações para potenciais investidores neste tipo de empresa. O evento, que faz parte do “Circuito Chape de Investimento e Inovação”, será a partir das 18h, na Nordus Cervejaria, com a participação da advogada e uma das gestoras do programa de inovação e tecnologia do escritório Mosimann-Horn, na Capital,  Thays Joana Tumelero, da Head de Direito Tributário no Mosimann-Horn, Luana Debatin Tomasi, e de Marina Leite, da empresa Invisto. Interessados em participar podem entrar em contato com o Pollen.

    Adjunto nomeado

    O médico Roberto Henrique Benedetti é o novo secretário adjunto da Saúde (SES) e irá trabalhar junto com o secretário Diogo Demarchi. Benedetti atuava como superintendente dos Hospitais Públicos desde o início de 2023.

    Doutor Benedetti, como é conhecido, possui vasta experiência no serviço público. De 1991 a 2000, trabalhou como médico anestesiologista no Instituto de Cardiologia de Santa Catarina (ICSC), um dos hospitais próprios da SES. Em seguida, foi responsável pelo Serviço de Anestesiologia do Hospital Florianópolis.

    Clique no Link para ver a coluna Pelo Estado PE_26.06.2024

    Produção e edição
    Por Celina Sales para APJ/SC e ADI/SC
    Contato: peloestado@gmail.com

    Cidades