Polícia Civil alerta para o golpe do amor

367
Compartilhar

Crime têm se tornado cada vez mais comum, saiba o que é e como se prevenir

O “golpe do amor” trata-se de extorsão e tem somado inúmeras vítimas nos últimos meses em todo país. A vítima geralmente é procurada em um site de relacionamento e depois pelo WhatsApp.

Após iniciar conversas amorosas com fotos de uma pessoa fictícia, surgem as falsas declarações de amor e conversas sobre o desejo de se mudar para o Brasil e assim poder viver perto da vítima.

Na sequência, o golpista solicita o endereço residencial da vítima e depois afirmam que estão enviando uma caixa (muitas vezes mandam fotos) com joias, numerários e outros itens, que supostamente foram retidos pela Receita Federal. Para retirá-la, a vítima precisa fazer um depósito de um valor, que geralmente varia de R$ 2.500 a R$ 4.000.

Em alguns casos, o golpista afirma que tem um intermediário no envio da tal caixa e pede que todo o depósito ou parte dele seja feito no nome dessa pessoa. Eles também fazem ameaças à vítima e seus familiares caso não efetue o depósito.

COMO PREVENIR:
Nunca compartilhe fotos e vídeos íntimos através de mensagens.

O QUE FAZER:
Se for vítima de extorsão, procure a Delegacia de Polícia mais próxima. Não deposite o valor solicitado.