Porto Belo realiza a Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente

397
Compartilhar

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente realizou nesta quarta-feira (28) a etapa Municipal da Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente que este ano trouxe como tema “Proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências”.

Participaram do ato, o coordenador do Conselho Hermandes Rodrigues da Costa, a delegada de Polícia de Porto Belo Luana Chaves Servi Packs, a secretária Municipal de Educação  Rosane Grauppe, a coordenadora do Conselho Tutelar Aurea de Oliveira Corbari e representando o Fórum da Comarca de Porto Belo a assistente social Sandra Mara Brinckman e o oficial da infância e juventude Hulse Enderle, além do prefeito da cidade, Emerson Stein. Representando todos as crianças e adolescentes presentes, se uniram às autoridades as alunas da Escola Básica Municipal Olinda Peixoto Giovana e Kauane Cristine.

A Conferência foi dirigida por Roberto Fuck de Almeida, que presta capacitações para conselheiros tutelares pela Escola de Gestão Pública Municipal – EGEM, professor sobre Estatuto da Criança e Adolescente do curso de Direito da Faculdade Avantis e professor da Faculdade Sinergia nas disciplinas de Criminologia e Estatuto da Criança e Adolescente, entre outras habilidades. Participaram do evento, além de representantes do Conselho Municipal, alunos e representantes da Rede Municipal, Particular e Estadual de Ensino e representantes da comunidade.

O prefeito de Porto Belo Emerson Stein destacou a importância de momentos como a Conferência, em que crianças e adolescentes podem junto das autoridades discutirem seus direitos e deveres, garantindo assim melhorias para o futuro sob o olhar de quem vivencia esta realidade.

A delegada da Polícia Civil do Município Luana Chaves Servi Packs relatou um pouco sobre as Leis para menores infratores, o papel do conselho tutelar e a importância da boa conduta, para que as crianças e adolescentes não cheguem até estas autoridades.

Os participantes foram divididos em grupos para discussão e criação de propostas, que serão encaminhadas para a etapa Estadual da Conferência.