Primeiro cão guarda-vidas do Brasil é aposentado pelo Corpo de Bombeiros de SC

356
Compartilhar

O labrador Ice, primeiro cão guarda-vidas do país e estrela do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, não voltará às areias da Praia de Cabeçudas, em Itajaí, onde costumava ser escalado para o plantão. Uma infecção na próstata fez com que a corporação decidisse pela aposentadoria do cão, que está com 9 anos.

A veterinária do Corpo de Bombeiros, Andreza Moraes, diz que o tratamento começou em junho. Desde então, Ice tomou antibióticos e tem a recuperação controlada por meio de ultrassonografias mensais. Ele foi diagnosticado com prostatite, uma doença causada por bactéria que, segundo ela, acomete tanto cães pet quanto cães de trabalho.