Sala de situação debate estratégias contra a dengue em Porto Belo

41
Compartilhar

Prevenção

O Governo do Município de Porto Belo através da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica realizou na última segunda-feira (25) uma reunião com os componentes da sala de situação contra a dengue. O objetivo foi debater estratégias para combater o mosquito Aedes Aegypti na cidade.

Compõem a sala de situação, representantes da Secretaria de Educação, Secretaria de Planejamento, Secretaria de Saúde, Defesa Civil, Fundação do Meio Ambiente, Procuradoria, Secretaria de Pesca e Secretaria de Obras. Uma série de ações foram programadas para a próxima semana, em caráter emergencial, já que o Município já conta com pessoas com o vírus da dengue.

Importância da conscientização

A secretária de Saúde Jainara Nordio destaca a importância de as pessoas se conscientizarem quanto aos cuidados necessários para combater o mosquito da dengue e que apenas com o apoio de toda a população poderemos combater esta doença. “Cada morador precisa auxiliar realizando a limpeza em sua casa e terrenos. Todo recipiente, seja ele um simples brinquedo ou tampinha de garrafa, pode acumular água e se tornar um criadouro para o Aedes Aegypti. É necessário também permitir a entrada de nossos agentes de endemia as residências, para que eles possam identificar todos os pontos” – explica a secretária.

Todos os agentes de endemias estão identificados com uniformes e crachás. Eles realizam vistorias principalmente nos arredores de focos detectados e residência de pessoas já diagnosticadas com dengue.

Ações serão realizadas no Cemitério Municipal, em áreas onde há pequenas embarcações pesqueiras e nas Escolas do Município. A Vigilância Epidemiológica destaca que dos 324 focos encontrados em Porto Belo, apenas seis estão em terrenos baldios, estando todos os restantes em residências ou espaços comerciais.