Seguem abertas inscrições do 1º Concurso Literário

108
Compartilhar

Primeiros textos já estão chegando, mande sua carta, e-mail para nossa equipe e boa sorte

Escritores novos e veteranos da região terão um incentivo a mais para escrever e mostrar seus textos. O jornal A Hora lança seu 1º Concurso Literário. A inscrição é gratuita e aberta para o público em geral. Serão três gêneros literários: conto, crônica e poesia. Alunos da rede pública e privada da Costa Esmeralda (Itapema, Porto Belo e Bombinhas) poderão participar, bem como adultos também. Para a diretora do jornal A Hora, Berenice Bordim, a iniciativa é muito assertiva, uma vez que muitos alunos estão com aulas remotas e este seria um estímulo a mais para alunos poderem expressar por meio de textos inéditos.

 

Como funcionará

A princípio, o concurso contará com três públicos-alvos: alunos do 5º ao 9ª ano da rede pública e privada da Costa Esmeralda; alunos do ensino médio da Costa Esmeralda e adultos. Os textos deverão ser inéditos. A inscrição é totalmente gratuita. Os textos podem ser enviados via e-mail jornalahoradeitapema@gmail.comjornalahoradeitapema@gmail.com, bem como enviadas via correio para o endereço: Rua 129 A 1, número 86, sala 4, endereçada ao Jornal A Hora. Vale salientar que em casos de textos postados via Correios, estes deverão ser entregues em envelopes fechados.

Da seleção

Os textos passarão pelo crivo de quatro pessoas ligadas ao meio cultural da nossa cidade, o escritor e colunista Juquita Carvalho, professor de cultura Paulinho Nascimento, da poetisa e professora aposentada Luiza Machado dos Santos e do professor universitário Dr

Stalin Passos. Os três primeiros colocados de cada gênero literário (conto, crônica e poesia) receberão um certificado especial pela participação, bem como terão os textos publicados em nossas páginas com destaque. “Os textos vencedores irão abrilhantar nossa contracapa, com reportagem especial que iremos produzir. Por isso convido a todos os estudantes e amantes da letras a participarem desse nosso novo projeto, vamos juntos celebrar a literatura”, expressa o editor do jornal, Tom Amaral.

Datas

As inscrições estão abertas e seguem abertas. Os textos devem vir assinados e com remetente para que possamos entrar em contato. Durante este período iremos receber e-mails e cartas, com um prazo máximo de 15 dias a mais para uma margem de logística. Após recebido os textos, nossa equipe de jurados irá fazer uma avaliação e posteriormente uma seleção, todas as etapas serão divulgadas em nosso jornal, site e redes sociais, fique ligado!!

Dos gêneros literários

Conto
O conto é um dos gêneros narrativos mais comuns na tradição literária brasileira. Grandes autores, como Álvares de Azevedo, Machado de Assis ou Mário de Andrade, são reconhecidamente excelentes contistas. O conto é estruturado como uma narrativa curta que envolve apenas um conflito. Nessa perspectiva, o momento de maior tensão do gênero é chamado de clímax. Além disso, embora não seja uma regra, é comum que o conto apresenta poucos personagens; espaço ou cenário limitado; recorte temporal reduzido.

Poesia
A Poesia é um texto poético, geralmente em verso, que faz parte do gênero literário denominado “lírico”. Ela combina palavras, significados e qualidades estéticas. Nela, prevalece a estética da língua sobre o conteúdo, de forma que utiliza de diferentes dispositivos fonéticos, sintáticos e semânticos.A poesia é dividida em versos que, agrupados, são chamados de estrofes. A poesia é um texto onde o autor expressa diretamente sentimentos e visões pessoais. A voz que se manifesta na poesia, ou seja, o sujeito poético e fictício criado pelo escritor é chamado de eu lírico.

Crônica
A crônica é um gênero textual muito presente em jornais e revistas. Em geral, os assuntos abordados em textos desse tipo são voltados ao cotidiano das cidades – a crônica pode ser entendida como um retrato verbal particular dos acontecimentos urbanos. Embora não seja uma regra, as crônicas costumam tratar de assuntos mais leves e de um modo humorístico. Os temas comuns a esse gênero são os mais variados possíveis. Qualquer assunto cotidiano pode ser motivo de crônica. Por ser um gênero nascido na cidade, é comum que tudo que ocorra no ambiente urbano passe a ser escrito em forma de crônica.