Serviços crescem 1,7% e o turismo avança 4,4% em SC

460
Compartilhar

Economia

O setor de serviços mostrou mais fôlego no mês de novembro de 2018 em Santa Catarina. Teve alta de 1,6% frente ao mês anterior com ajustes sazonais, na comparação com o mesmo mês de 2017 cresceu 6,5%, no acumulado de janeiro a novembro alcançou crescimento de 1,7% e em 12 meses 1,9%.

O desempenho catarinense no ano passado foi o segundo melhor do Brasil, atrás apenas de São Paulo, que cresceu 2%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) de novembro, divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE. O levantamento traz também os dados do turismo, que cresceu 1,4% em relação ao mês anterior, frente a novembro de 2017 avançou 2,6%, no acumulado de janeiro a novembro de 2018 cresceu 4,4% e em 12 meses avançou 5,8%.

Nos serviços, o destaque foi o  aumento de 6,5% frente ao mesmo mês do ano passado e também a alta de 10% em receita nominal no mesmo período. Isso mostra que alguns setores estão conseguindo elevar preços num ritmo maior. No caso de turismo a diferença foi ainda maior. Em novembro o volume de vendas avançou 2,6% frente ao mesmo período do ano anterior, mas a receita nominal teve alta de 10,9%.

Os grupos de serviços que se destacaram foram o de transporte, que liderou a alta com variação de 12,8%, e o grupo de serviços profissionais, administrativos e complementares, que teve retração de -6,4%. Serviços às famílias cresceram 3,9%, serviços de informação e comunicação 6,2% e outros serviços, 8,3%.