Sessão solene encerra Mês da Mulher em grande estilo

18
Compartilhar

Homenagem

Entrega de troféu levou ativismo e emoção ao Palco das Artes

A promessa de que seria uma grande noite se concretizou. A cerimônia de entrega do troféu Mulher de Valor, alusivo ao Mês Municipal e ao Dia Internacional da Mulher, preparada com todo esmero pela Câmara de Vereadores e Prefeitura, teve beleza, emoção e uma dose de ativismo. Afinal, a luta pela igualdade e o reconhecimento da importância da mulher na sociedade está no cerne das comemorações do mês de março. Mesmo assim, o que prevaleceu durante a sessão solene realizada na noite da última quarta-feira (27/03), no Palco das Artes, foi o brilho festivo.

Noite que começou com a recepção das homenageadas e demais convidadas com rosas e ao som do violino de Manoel Reis Bitencourt. Uma vez no palco do teatro municipal — devidamente preparado para acomodar os vereadores municipais, o prefeito Emerson Stein, seu vice Elias Cabral e as quinze portobelanas escolhidas pelo Executivo e Legislativo para receber o prêmio Mulher de Valor —, o presidente do Legislativo, Altino Torquato Júnior, abriu a sessão solene, passando a palavra à presidente da Fundação Municipal de Cultura, Cristiani de Jesus, que destacou a preocupação dos dois poderes em reconhecer que “as mulheres têm um papel importantíssimo nesta cidade”.

Seguiu-se a entrega do troféu a cada convidada de honra, com os parlamentares se revezando em loas para suas representantes, lembrando histórias de vida e destacando qualidades. “Foi uma justa homenagem para essas mulheres que muito fizeram por Porto Belo”, sublinhou Silvana Stadler, vice-presidente do Legislativo. “Esse evento mostra que a mulher pode e deve estar onde quiser. Que não deve se limitar em nenhum momento e em nenhuma ocasião”, reforçou o vereador Diogo Santos, primeiro-secretário da Casa.

MULHERES GUERREIRAS

Um dos pontos altos da festa foi a apresentação da banda de percussão Mulheres Guerreiras, da Igreja do Evangelho Quadrangular do bairro Vila Nova, coordenada pela ministra Terezinha Fries, indicada para receber o troféu pela vereadora Rosaura Rodrigues.

Igualmente simbólico foi o lançamento, durante a sessão, da campanha dos dois poderes municipais para divulgação do número 180, da Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência. Altino Júnior explicou que, a partir de agora, todos os documentos emitidos pela Prefeitura e Câmara levarão o selo do disque denúncia impresso. Outra ação do Legislativo na mesma direção é a instalação, nas dependências da Câmara, da Procuradoria Especial da Mulher, serviço que deverá ser disponibilizado a partir de maio.

“Acredito que homenagear as mulheres pela luta e pela dedicação para com a sociedade é sem dúvida muito importante, mas quero dar destaque à lei que incentiva as campanhas publicitárias sobre violência contra as mulheres. Precisamos, sim, conscientizar a todos sobre a importância de defender e proteger nossas mulheres, tendo em mente que estamos todos lado a lado nessa caminhada”, argumentou o prefeito Emerson Stein.

Altino, por sua vez, destacou a sintonia entre os poderes no que diz respeito a essa questão. Ele lembrou que a sessão solene é resultado de uma lei parlamentar aprovada em 2009 (e de autoria de Emerson, quando vereador) e aprimorada pela atual legislatura no ano passado. “O diferencial foi a alteração dessa lei. A gente conseguiu dar o troféu, que elas vão lembrar pelo resto da vida. A gente conseguiu alcançar a alma das mulheres, tivemos flores, a presença maciça das mulheres, o sorriso delas, o brilho, a garra, as histórias de cada uma, que se fundia uma com a outra e com a história do município, do nosso povo. Cada um se sentiu representado no momento de cada uma das homenagens”, avaliou o parlamentar, que agradeceu o empenho da Fundação Municipal de Cultura, dos vereadores e servidores do parlamento.

HOMENAGEADAS

Ao final da entrega dos troféus para as dez “mulheres de valor” do Legislativo, Emerson Stein e Elias Cabral homenagearam as cinco mulheres escolhidas pelo Executivo. Em sua fala, Emerson salientou o fato de que, em sua administração, a maioria dos cargos de primeiro escalão é ocupada por servidoras. Uma das quais, a diretora-geral de Recursos Humanos, Leonor Baltazar Serpa, esteve entre as agraciadas pelos mandatários do município. “É com muita alegria e emoção que recebi a homenagem por parte do Executivo. Vejo como uma forma de reconhecimento pelos meus 25 anos de serviço público. Mas a nossa maior homenagem foi o lançamento do Disque 180 na cidade e o incentivo às campanhas sobre a violência contra a mulher. Vejo como um ato de respeito e carinho dos agentes públicos para com as mulheres”, observou Leonor.

Cunhada de Leonor e consultora jurídica da Prefeitura, Gilmara Monteiro Baltazar foi outra servidora pública indicada ao troféu, só que pelo vereador Francisco Scottini. A advogada se disse “muito surpresa e lisonjeada” pela indicação, especialmente por ter sido “a primeira homenagem nesse perfil” (houve uma sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher em 2017, mas o troféu só foi instituído em 2018). “Foi muito emocionante”, resume.

Ana Cristina Córdova dos Santos, catequista carioca que vive no Vila Nova há sete anos e meio, recebeu a honraria das mãos do vereador Bento Voltolini pelo trabalho que desenvolve na Igreja Divino Espírito Santo, no referido bairro, onde coordena o grupo de jovens da instituição. Ela ficou “muito feliz” pela homenagem. “Nunca imaginei que receberia um carinho e um reconhecimento tão lindos”, frisou, emocionada.

As ganhadoras do troféu Mulher de Valor pelo parlamento foram: Marisa Tomasi da Silva (Altino Júnior), Ana Cristina Córdova dos Santos (Bento Voltolini), Ana Maria Felício Soares (Célio Ramos), Denise Serpa (Diogo Santos), Dorotéia de Andrade Rodrigues (Jonatha Cabral), Jane Silva (Silvana Stadler), Gilmara Baltazar (Francisco Scottini), Terezinha Fries (Rosaura Rodrigues), Elina Carvalho Silva (Joel Lucinda) e Terezinha Guerreiro Serpa (representada pela filha Silvana Serpa da Silva e indicada por Jonas Raulino).

Do Executivo as homenageadas foram Leonor Baltazar Serpa, Eunice da Silva Rocha, Marli Guerreiro da Silva e Giovana Nunes de Souza.