Tijucas recebe loja do Komprão Koch Atacadista

447
Compartilhar
A inauguração será nesta sexta-feira, 30 de agosto, no bairro Joaia, a partir das 9h, com festa e muitas ofertas para receber a população

Cidade berço do desenvolvimento do Grupo Koch desde a década de 1990, Tijucas será prestigiada nesta sexta-feira (30) com a inauguração de uma unidade do Komprão Koch Atacadista na Avenida Carlos Humberto Ternes, 872, no bairro Joaia. A loja com foco no segmento de “atacarejo” trará vantagens exclusivas aos consumidores da região, que poderão fazer compras tanto em atacado quanto no varejo a preços competitivos. As portas serão abertas pontualmente às 9h e, durante toda a manhã, haverá degustações, atrações musicais e ofertas especiais para festejar com os clientes.

Em mais de 4 mil metros de área construída, o Komprão de Tijucas vai contar com uma variedade de 9 mil itens no mix de produtos, além de 150 vagas de estacionamento. A expectativa é de que mais de 60 mil pessoas circulem pelos corredores todos os meses. A abertura da nova loja também gera mais de 100 empregos diretos, favorecendo o desenvolvimento econômico do município.

“Estamos imensamente felizes de poder trazer essa experiência de compra diferenciada aos clientes de Tijucas. A inauguração dessa unidade do Komprão é mais uma opção de compras do Grupo Koch aos moradores da cidade que sempre nos acolheram de braços abertos, acreditaram em nossa empresa e acompanharam de perto a evolução do negócio”, afirma o presidente do Grupo, José Koch.

Planos de expansão

A inauguração em Tijucas será a 24ª do Grupo Koch em Santa Catarina, a oitava do segmento atacadista, e integra os planos de expansão da rede, que fechará 2019 com seis novas lojas pelo estado.  Em 25 anos de história, a rede supermercadista se consolidou no litoral catarinense, região estratégica para a abertura das novas unidades. Em julho, foi inaugurada a 23ª unidade do Grupo Koch, do segmento varejo na cidade de Penha. As próximas serão sob a bandeira Komprão Koch Atacadista nos municípios de, Barra Velha, Guaramirim, Piçarras e São Francisco do Sul.

Hoje, o Grupo Koch ocupa a terceira posição no ranking das maiores redes supermercadistas catarinenses e está entre as 33 maiores do Brasil, conforme estudo publicado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). A posição é fruto de investimento contínuo nos últimos anos. Desde 2012, a rede apresenta um crescimento médio anual de 25%, tendo fechado 2018 com faturamento de R$ 1,14 bilhão – um aumento de 33% em relação ao período anterior, enquanto a média do setor supermercadista nacional foi de 2,1%. Este ano, R$ 90 milhões são investidos nas inaugurações e a previsão é encerrar 2019 faturando R$ 1,6 bilhão nas 28 unidades pelo estado, sendo 16 lojas SuperKoch e 12 Komprão Koch Atacadista.

Esforço coletivo

“Tudo o que alcançamos e continuamos a almejar é alicerçado na valorização das pessoas. Cada um dos nossos 3.500 colaboradores desempenha um papel fundamental nessa grande família Koch”, destaca o presidente. José Koch reforça que a boa relação com os fornecedores também é um grande diferencial para as conquistas, pois há uma forte parceria, proporcionando ganhos para todos os envolvidos. “Nossos parceiros comerciais são os verdadeiros responsáveis pela transformação do Grupo Koch nessa potência baseada em crescimento, evolução, desempenho que nos tornamos hoje. O fechamento de bons negócios com os fornecedores beneficia diretamente os nossos clientes lá na loja, com melhores preços e condições de compra”, reforça.

Responsabilidade social

A expansão traz como reflexo ainda o desenvolvimento econômico da região onde o Koch atua, com geração de emprego e renda. Até o fim do ano serão aproximadamente 4 mil funcionários (e suas famílias) diretamente beneficiadas pelo crescimento da empresa, que contabiliza mais de 20 milhões de clientes circulando pelas lojas da rede anualmente.

Já o envolvimento da comunidade é intensificado por meio das ações sociais, como o projeto Troco Solidário, que já reverteu mais de R$ 1 milhão para entidades das regiões onde há lojas do grupo. As iniciativas de apoio à cultura e ao esporte, por meio das leis de incentivo fiscal, também já renderam mais de R$ 500 mil em doações.

Dafnée Canello