Vereadores propõem audiência pública sobre a maternidade de Tijucas

149
Compartilhar

Há três anos a população de Tijucas e região sofre e reclama pelo fechamento da Maternidade Chiquinha Gallotti, inclusive com casos de notícias trágicas – com partos traumáticos e até mesmo mortes que, talvez, poderiam ter sido evitadas caso ainda houvesse a maternidade ativa. Em face deste assunto, os vereadores Cláudio Eduardo de Souza, o Cláudio do Jornal (PDT), e Nadir Olindina Amorim, a Nadir da Saúde (PSD), protocolaram um requerimento pedindo uma audiência pública para debater soluções que possam culminar na reabertura da maternidade.

Recentemente, durante discussão sobre o repasse de recursos ao Hospital São José, os parlamentares de Tijucas assumiram publicamente o compromisso de rediscutir a reabertura da maternidade. É isto, portanto, que a Audiência Pública proposta pelos vereadores Cláudio do Jornal e Nadir da Saúde pretende: discutir soluções e medidas que possam melhorar a vida das gestantes da cidade e – talvez – da região.

A audiência deverá ser agendada de acordo com o calendário da Câmara Municipal de Tijucas e envolver autoridades com poder de decisão em relação ao assunto. “Conversas a portas fechadas e documentos direcionados a um ou outro gestor público não permitem que todos tenham ciência da real situação e possam propor soluções. Entendemos ser importante a realização de uma Audiência Pública liderada pelo Poder Legislativo Municipal para deixarmos às claras todas as informações, dados e situações pertinentes à maternidade e para que possamos unir forças na luta por uma solução efetiva”, afirma o vereador Cláudio do Jornal.

“Como mãe e Procuradora da Mulher na Câmara, tenho a noção da importância de resgatar esta luta pela reabertura da nossa maternidade, garantindo às mulheres um atendimento digno”, afirma a vereadora Nadir.