Xepa quer ações de combate às drogas voltadas aos alunos da rede pública de ensino

602
Compartilhar

Prevenção

O vereador Alexandre Xepa (SD) protocolou o Requerimento N° 71/2018, na Sessão Ordinária de terça-feira, 12/06. Com o Requerimento, o vereador voltou a tocar no assunto que vem guiando sua legislatura até então, o combate às drogas.

No Requerimento, Xepa solicitou informações ao Governo do Estado de Santa Catarina sobre as medidas que estão sendo adotadas pelo Estado para a prevenção e combate as rogas junto aos alunos dos Colégios Estaduais de Itapema. Segundo o vereador, “coletar dados é necessário, para cobrar mais efetividade do Governo do Estado no combate e prevenção de drogas junto aos alunos da rede pública de ensino”.

Outras ações

Em 2017, Xepa já havia protocolado pedidos referentes ao combate às drogas. No mês de novembro, por exemplo, o vereador demonstrou sua preocupação com a falta de atendimento para dependentes químicos menores de idade, residentes no município.

Segundo Xepa, as famílias que necessitam desse serviço, tem que levar seus filhos até cidades vizinhas, inviabilizando o tratamento. “Conversei com muitas mães que me relataram essa dificuldade, o que afasta a possibilidade de atendimento numa fase importante para a recuperação desses jovens”, apontou Xepa.

Diante do caso, ele apresentou a Indicação n°1002/2017, assinada em parceria com o vereador Ari Piquetti (PR). O documento destinado à Prefeitura vem solicitar que o município realize convênios com clínicas de recuperação já estabelecidas em Itapema, para que os menores sejam atendidos dentro da cidade. A faixa etária de atendimento, nesse caso, é voltada para menores entre 12 a 18 anos.

Segundo o parlamentar, em Itapema os convênios com clínicas de tratamento de dependentes químicos abrange somente maiores de idade, sendo que os dependentes químicos menores de idade não são atendidos por nenhuma das casas de recuperação.